A Shake Shack fechou parceria com a NotCo, empresa chilena de alimentos plant-based, para incluir opções veganas no cardápio.

A cadeia de fast-food Shake Shack está apresentando novidades em seu cardápio em mais de 260 locais em todo o país. A partir de hoje, os clientes terão a oportunidade de experimentar as novas opções à base de plantas da Shake Shack, incluindo o Creme de Chocolate Sem Lácteos (por US$ 4,69) e o Shake de Chocolate Sem Lácteos (por US$ 6,39), ambos livres de produtos de origem animal.

Opções veganas no Shake Shack

Os dois novos itens adicionados ao cardápio do Shake Shack levam o NotMilk na composição, leite vegano funcional que reproduz as características importantes dos laticínios.

De acordo com Jay Livingston, diretor de marketing do Shake Shack: “Desde que começamos o Shake Shack em 2004, nossa missão tem sido servir versões elevadas dos clássicos que não apenas têm um ótimo sabor, mas são elaborados com ingredientes premium”.

A partir de 5 de maio, o Shake Shack está lançando o Veggie Shack (por US$ 8,29) em todo o país. O passou por um processo de desenvolvimento de cinco anos e possui uma mistura de cogumelos, batata-doce, cenoura, farro e quinoa. Além disso, o hambúrguer possui queijo americano, cebola crocante, picles e ShackSauce.

“Adotamos uma abordagem requintada e passamos cinco anos testando e refinando o hambúrguer ”, disse Livingston. “É repleto de vegetais variados, com farro e quinoa para uma mordida substancial e capaz de desejar.”

Além disso, os consumidores que possuírem o Shake App terão acesso antecipado exclusivo a este item. Contudo, o Veggie Shack não é considerado vegano porque contém ingredientes de origem animal no queijo, molho e pão.

Sobre a Shake Shack

A Shake Shack revelou a parceria com a NotCo em maio de 2022, quando iniciou testes de milkshakes veganos em Nova York e na Flórida.

O Shake Shack utilizou a tecnologia da NotCo, que analisa os produtos de origem animal em nível molecular e gera um banco de dados com mais de 300.000 plantas comestíveis para replicar os insumos apenas com plantas.

“Estamos entusiasmados com nossos novos itens – o Shake de Chocolate Não Lácteos e o Creme Congelado de Chocolate Não Lácteos – feitos com leite à base de plantas da NotCo”, disse Livingston.

Embora a empresa chilena de alimentos tenha obtido ampla distribuição na América do Sul, a parceria com o Shake Shack marca a primeira vez que os produtos da NotCo estarão disponíveis no food service dos Estados Unidos.

A inteligência artificial e a equipe levaram quatro meses para definirem os ingredientes à base de plantas dos novos itens do cardápio do Shake Shack.

De acordo com Matias Muchnick, CEO e cofundador da NotCo: “A parceria com a Shake Shack costumava ser um dos marcos mais ambiciosos da NotCo. Ter um produto personalizado da NotCo nas lojas Shake Shack em todo o país é uma declaração clara de nossa capacidade de criar versões de produtos deliciosas e lucrativas feitas sob medida em tempo recorde que atraem o mercado de massa”.

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também:

Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores

Aamati Green produz couro vegano de manga

Dia da Terra: consciência ambiental e ação!

Portugal: venda de alimentos plant-based aumentou 20% desde 2020

Imagem ilustrativa de capa: Divulgação Shake Shack

Por Ana Cristina Gomes em 4 de maio