A Impossible Foods estabeleceu uma parceria estratégica com a IHOP para incorporar seus produtos no menu icônico dos restaurantes de panquecas dos EUA, em todos os seus quase 1.700 locais. A Impossible Foods é uma empresa líder na produção de carne à base de plantas e tem demonstrado habilidade em estabelecer colaborações bem-sucedidas com várias cadeias de alimentos e bebidas nos EUA. A notícia dessa parceria foi anunciada recentemente e marca mais um passo na expansão da presença da Impossible Foods em restaurantes e cadeias de fast-food em todo o país, e até mesmo em escala global, com opções veganas em mais de 40.000 locais de serviços de alimentação.

Opções veganas

Essa parceria traz à mente acordos semelhantes que a Impossible Foods firmou ao longo dos anos com gigantes do setor de fast food. O que diferencia essas colaborações é que, ao contrário de muitas outras parcerias na área de carne alternativa, as parcerias da Impossible Foods com as cadeias de fast food têm se mantido fortes ao longo do tempo e continuam a prosperar.

A Impossible Foods ocupa uma posição notável em meio a um cenário desafiador para a indústria de carne à base de plantas, que enfrentou uma série de desafios nos últimos dois anos, especialmente nos Estados Unidos. Ao contrário de seu principal concorrente, a Beyond Meat, a Impossible Foods não é uma empresa de capital aberto, o que a poupou de um escrutínio público semelhante, mas ainda assim não passou incólume pelos impactos desse contexto.

Setor de produtos veganos

O setor de produtos à base de plantas nos Estados Unidos foi severamente afetado por uma combinação de fatores, incluindo as consequências da pandemia de Covid-19, interrupções na cadeia de suprimentos e o aumento dos custos de vida. Isso levou a uma perda de confiança por parte dos investidores, disseminação de desinformação e uma redução significativa na adoção por parte dos consumidores, atingindo níveis não vistos nos últimos 10 anos. Algumas empresas de carne à base de plantas nos EUA tiveram que encerrar suas operações, entrar com pedidos de falência e dispensar funcionários. A Impossible Foods teve que realizar demissões, reduzindo sua força de trabalho em 20%, após uma redução de 6% em outubro do ano passado.

De acordo com o The Good Food Institute, esses desafios resultaram em vendas estagnadas, com uma diminuição nas vendas em termos de peso. Enquanto o setor de hospitais se recupera da pandemia, as vendas de carne à base de plantas em restaurantes atingiram US$ 730 milhões em 2022.

Desafios

Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores

Em uma entrevista recente à AFN, o CEO da Impossible, Peter McGuinness, reconheceu os desafios significativos que o setor está enfrentando, mas destacou o desempenho sólido da empresa no varejo. Ele afirmou: “Nas 52 semanas de dados da Nielsen, ainda estamos registrando um crescimento de um dígito alto a um dígito baixo no varejo, o que é muito positivo. Temos uma taxa de repetição de 50%, o que significa que a cada duas pessoas, uma volta a comprá-lo, o que é bastante impressionante.” Em janeiro, a empresa anunciou que suas vendas em dólares no varejo cresceram 50% em 2022.

Ele também mencionou: “Temos uma conscientização de 85% da população ainda não nos conhece, e não se pode adquirir algo que não conhece. Realizamos nossa primeira campanha de marketing em junho e julho, a primeira em 11 anos. Construir uma marca demanda tempo, mas a conscientização é o primeiro passo para que as pessoas experimentem nosso produto, e essa experimentação leva à repetição.”

Impossible Foods

Uma das contribuições para o aumento da conscientização sobre a marca foi a parceria com players de serviços de alimentação em todo o mundo. McGuinness destacou o sucesso das colaborações da Impossible Foods nesse espaço, e com razão.

A Impossible Foods obteve grande êxito ao estabelecer parceria com o grupo de restaurantes Momofuku, liderado pelo chef americano David Chang, logo em 2016. Passaram-se sete anos, mas essa parceria ainda continua (embora em outros restaurantes de David Chang). Da mesma forma, em setembro de 2018, firmou parceria com a White Castle para criar o Impossible Slider.

Além disso, a salsicha da Impossible Foods está presente na Starbucks há quatro anos, e a parceria com a Disney, já acontece há três anos. Outro marco no setor de alimentação da empresa foi o lançamento do Impossible Whopper no Burger King, uma parceria sólida que já dura quatro anos.

Impossible e IHOP

A parceria entre a Impossible e o IHOP sugere que a empresa está navegando com sucesso no setor de serviços de alimentação.

Nesse contexto, a categoria de alimentos à base de plantas desempenha um papel fundamental para os restaurantes. Segundo um relatório divulgado no mês passado pela Plant Based Foods Association (PBFA), 95% dos serviços de alimentação nos EUA têm expectativas de aumentar ou manter consistentes as vendas no próximo ano. Além disso, 76% deles planejam manter ou ampliar sua oferta de alternativas de carne à base de plantas.

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também:

Ágar-ágar: conheça a alternativa de gelatina vegana

Estudo: dieta à base de plantas promove mais saúde aos gatos

Apple substitui couro por alternativa de tecido ecológico

Imagem ilustrativa de capa: Divulgação Impossible

Por Ana Cristina Gomes em 29 de setembro