A marca de filtro solar vegano, Chameleon Sun, está há 6 meses no mercado e inovou no cenário brasileiro de cosméticos, trazendo uma opção sustentável do produto. 

Se você sonha em abrir um negócio plant-based e deseja saber quais são os desafios dos empreendedores no mercado vegano nacional, fique conosco. 

Os desafios de empreender na pandemia e criar um protetor sem exploração animal e que não agride o meio ambiente foram os temas abordados pela co-fundadora da Chameleon Sun, Xênia Filippetti, no Founder Series do Vegan Business, publicado no YouTube.

Com uma proposta de identidade visual que remete à natureza e principalmente ao sol, a marca tem como logo um simpático Camaleão que dá nome ao produto. Segundo Xênia, essa criação também vai de encontro com os propósitos da empresa.

“O camaleão representa uma fácil adaptação, é um animal de hábitos diurnos e precisa do sol para poder viver. Tem a visão 360 e tem a famosa habilidade de mudar de cor, é uma das espécies que tem maior diversidade na hora da transformação. Para nós faz total sentido falando de filtro solar”, explica. 

Marido e co-fundador de Xênia na Chameleon, Alexandre Filippetti, é surfista e por conta da prática esportiva se preocupava com a saúde de sua pele e com o meio ambiente. O casal juntou uma necessidade em comum e encontraram uma oportunidade de investir no mercado.

“Sempre pensamos em um filtro solar que tivesse performance, o que significa que tem uma grande duração para uma longa exposição solar. Durante as pesquisas no mercado nacional e internacional nós tivemos muita dificuldade de encontrar, então aí veio a oportunidade. Quando começamos a pesquisar a composição e formulação do filtro solar, nós identificamos que o filtro solar é extremamente poluente”, conta.

Xênia avalia que produtos oferecidos por grandes nomes do mercado causam alergias, distúrbios hormonais e afetam o ecossistema marinho.  Segundo a empresária, a Chameleon não queria ser mais uma empresa no segmento. “Queríamos um filtro que trouxesse a solução do problema de performance e, ao mesmo tempo, que tivesse um propósito por trás”.

Os principais diferenciais da marca Chameleon Sun

Quer saber quais são os principais diferenciais dessa empresa? Além de não explorar os animais, os produtos são:

  • Livres de químicos na composição
  • Tem embalagens recicladas e recicláveis
  • Os potes são feitos de plástico retirado dos oceanos, através de ações sociais e ambientais com ONG parceira
  • O produto possui sistema de refil
  • Há 4 opções de tonalidade para peles distintas

A marca entende que a sustentabilidade é repensar o que as pessoas consomem. 

“Para não dizer todas, mas a grande maioria das marcas contém químicos na sua composição. Isso é bem interessante porque nós temos esse desafio de trabalhar com a parte de educação, que as pessoas entendam o que elas estão consumindo, que leiam os rótulos e todas as informações de composição”.

A co-fundadora da Chameleon avalia que startups que nascem dentro dos valores de sustentabilidade, princípios e de um propósito, vão trazer mais inovação, e a sustentabilidade será vista como algo mais natural e espontâneo.

“É tão claro e evidente o que não vamos ter nos nossos produtos que as coisas acontecem dentro dessa linha. Isso é o que tem nos segurado a não ter grandes equívocos”.

Veja a entrevista completa com a co-fundadora

Canal do Vegan Business

Não se esqueça de se inscrever no canal para conhecer mais histórias inspiradoras! 

Aproveite e leia também: 

Vegan Business lança Founder Series no YouTube sobre Empreendedorismo Plant-Based 

Chameleon Sun: marca brasileira lança protetor solar vegano e natural

9 razões para usar cosméticos veganos e naturais

*Imagem de capa: Almar Comunicação



por Helena Passarelli em 26 de agosto