A proteína vegetal está revolucionando a indústria de tecnologia de alimentos, fornecendo uma alternativa alimentar mais saudável para a população. Contudo, muitos consumidores desejam desfrutar desses alimentos, contanto que tenham sabor semelhante a da carne tradicional.

As proteínas vegetais, também são extremamente benéficas para o nosso planeta, já que elimina muitas questões associadas à pecuária, como o poluição, gasto excessivo de recursos naturais e desmatamento.

Proteína vegetal

As proteínas vegetais estão dominando a indústria de serviços alimentares. De acordo com o TechCrunch, as vendas de proteínas vegetais nos EUA através de distribuidores de grande porte em 2022 atingiram incríveis US$ 304 milhões, marcando um aumento de 8% em relação aos níveis pré-pandemia de 2019 e demonstrando o notável crescimento desse mercado.

Outra tendência empolgante é a mudança nas preferências gustativas dos consumidores.

As pessoas estão desenvolvendo um gosto por proteínas à base de plantas que imitam o sabor e a textura da carne de origem animal. Esses produtos representaram uma fatia impressionante de 53% das vendas em libras em 2022, um aumento em relação aos 39% de 2019.

Para os compradores de alternativas à carne, o preço desempenha um papel crucial. Eles frequentam 30 vezes mais restaurantes por ano e gastam cerca de US$ 400 a mais do que o consumidor médio. Dessa forma, essa fidelidade está impulsionando o sucesso contínuo das opções à base de plantas na indústria.

Aproveite e leia também:

Calvin Klein lançará sapatos feitos com folhas de abacaxi

Aquafaba: conheça as diversas aplicações e benefícios desse líquido

Alltrueist lança coleção vegana pioneira na indústria da moda

Imagem ilustrativa de capa: Unsplash

Por Ana Cristina Gomes em 5 de setembro
Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores