A quantidade de opções veganas nas grandes redes de fast-food não para de crescer.

A Beyond Meat, fabricante de hambúrgueres à base de vegetais, anunciou uma nova parceria de três anos com o McDonald’s para ser o fornecedor preferido da rede de fast food para o hambúrguer McPlant. Além disso, Beyond Meat fará parceria com a Yum! Brands, que inclui as marcas KFC, Pizza Hut e Taco Bell, para criar itens de proteínas à base de plantas que são exclusivos para o menu das marcas de serviços de alimentação.

Essas parcerias de longo prazo são uma expansão das parcerias estratégicas que a Beyond Meat formou nos últimos anos, à medida que busca expandir seu domínio do mercado de proteínas de base vegetal.

Parcerias para mais opções veganas

Beyond Meat já fez parceria com o McDonald’s em 2019, quando a gigante do fast food lançou originalmente um teste para o McPlant no Canadá, onde apresentava um hambúrguer Beyond Meat. Da mesma forma, o frango à base de plantas da empresa foi apresentado no mesmo ano em lanchonetes KFC, com sede em Atlanta, como Beyond Fried Chicken. O produto de teste se esgotou em questão de horas.

Desde o lançamento inicial, a KFC expandiu o Beyond Fried Chicken para outras cidades dos EUA. Então, no ano passado, a Pizza Hut US lançou a Beyond Italian Sausage Pizza e a Great Beyond Pizza em todo o país, tornando-se a primeira cadeia americana de pizza a lançar uma pizza de carne à base de vegetais.

Essas duas novas parcerias deixarão a Beyond Meat ocupada. Tudo isso porque, os dois titãs do fast food pretendem que a empresa de proteína alternativa desenvolva plataformas exclusivas para itens de cardápio à base de plantas. Embora o lançamento não especifique em que direção o P&D da Yum! os itens do cardápio da marca levarão, em sua colaboração com o McDonald’s, a Beyond Meat concentrará suas energias no desenvolvimento de ofertas à base de vegetais para o frango, porco e ovos, para expandir a plataforma do McDonald’s McPlant.

Parcerias de longo prazo

Forjar parcerias de longo prazo é um marco essencial para o fabricante de proteínas à base de plantas. Do mesmo modo, no mês passado, a Beyond Meat lançou uma joint venture com a gigante de alimentos e bebidas PepsiCo. O empreendimento, chamado The PLANeT Partnership, irá desenvolver, produzir e comercializar lanches e bebidas veganos, combinando a inovação baseada em vegetais da Beyond Meat e a infraestrutura de vendas e marketing da PepsiCo. Os negócios certamente confirmam o lugar da Beyond Meat como o principal fornecedor de base vegetal no setor de fast-food.

As ações da empresa se recuperaram em grande parte após o anúncio dessas novas parcerias que se baseiam em sua joint venture previamente consolidada com a PepsiCo para formar a The PLANeT Partnership. A dupla pretende combinar o mercado de longo alcance e a experiência comercial da Pepsi com os recursos de P&D da Beyond Meat para criar lanches e bebidas com recursos de proteína vegetal.

Os negócios aumentam as perspectivas da Beyond à medida que mais restaurantes voltam a oferecer refeições pessoalmente. Tudo isso, depois que a Covid-19 forçou fechamentos e restrições para comer fora no ano passado. O golpe da pandemia no setor de serviços de alimentação também ameaçou os negócios de Beyond, que haviam sido fortemente impulsionados pelos restaurantes nos últimos anos, e levou a empresa a se concentrar suas opções veganas mais nas vendas em supermercados.

Estratégias plant-based

A Beyond, fundada em 2009, processa proteína de ervilha amarela, óleo de canola, amido de batata e outros ingredientes para produzir hambúrgueres e salsichas destinadas a emular o sabor, a aparência e o toque da carne tradicional. Junto com a principal concorrente, Impossible Foods Inc., as empresas lançaram suas carnes de alta tecnologia como uma opção amiga do ambiente e dos animais para consumidores que estão mais abertos a dietas “flexitárias”.

Cadeias de fast-food creditaram as opções veganas por trazerem novos clientes, aumentando o cheque geral e gerando uma nova onda plant-based. Antes da pandemia, a rápida distribuição de hambúrgueres vegetais às vezes chegou a gerar escassez, levando os produtores a investir em novas fábricas.

Para fabricantes de alimentos à base de plantas, como Beyond e Impossible, a parceria com redes de hambúrgueres representou uma maneira de levar os produtos sem carne para além do nicho de alimentos saudáveis. Assi, eles são vendidos em formas familiares em milhares de restaurantes em todo o país.

Impactos no mercado

Quer queira, quer não, a disponibilidade de ofertas à base de plantas nessas mega cadeias muda o mercado. Não apenas do ponto de vista da produção e da cadeia de suprimentos, mas também em termos das expectativas dos restaurantes.

“Com mais restaurantes e receita do que qualquer outra rede de alimentos do planeta, o McDonald’s e a Yum Brands trarão carne à base de plantas Friedrich, diretor executivo do The Good Food Institute, escreveu em um e-mail. “Esses acordos repercutirão em toda a cadeia de fornecimento global e enviarão um forte sinal para o futuro da carne à base de vegetais em restaurantes.”

Leia também: 4 motivos para investir na Beyond Meat e Tendências em investimentos veganos



por Nadia Ferreira Gonçalves em 1 de abril