A startup americana Impossible Foods anuncia novo aporte de US$ 200 milhões em investimentos. Este, segue os US$ 500 milhões que a startup de tecnologia de alimentos arrecadou no início deste ano.

De acordo com o rastreador de dados Prime Unicorn Index, a nova rodada avalia a empresa em US$ 4 bilhões. Essa nova rodada foi liderada por Coatue, um fundo de hedge focado em tecnologia; outro fundo de hedge sediado em Nova York, e o XN, também participou da rodada.

História de sucesso impossível

Em seu histórico de investimentos, a Impossible já arrecadou dinheiro de empresas de investimento, incluindo Horizon Ventures e Khosla Ventures. Mas não para por aí, a startup também recebeu investimentos de algumas das maiores celebridades dos EUA, e no brilhante rol de investidores figuram nomes como: Jay Brown, Common, Kirk Cousins, Paul George, Peter Jackson, Jay-Z, Mindy Kaling, Trevor Noah, Alexis Ohanian, Kal Penn, Katy Perry, Questlove, Ruby Rose, Phil Rosenthal, Jaden Smith, Serena Williams, will.i.am, e Zedd.

Desde o seu lançamento, a Impossible já levantou US$ 1,5 bilhão de investidores, incluindo nomes como Mirae Asset Global Investments e Temasek.

Ao mesmo tempo em que a Impossible Foods anuncia novo aporte de US$ 200 milhões, a presença dessas novas empresas de investimento público / privado pode indicar que a empresa está se preparando para uma oferta pública inicial, mas por enquanto, isso é apenas especulação.

O preço mais recente por ação é US$ 16,15, uma rodada em alta em relação à Série anterior, de US$ 15,4139, de acordo com a PrimeUnicorn.

Lançamentos impossíveis

A rodada de financiamento segue de perto o lançamento de Impossible Sausage, o primeiro produto totalmente novo da Impossible Foods desde o lançamento do Impossible Burger, em 2016. Após uma estreia no 2020 Consumer Electronics Show em janeiro, a Impossible Sausage foi disponibilizada em mais de 22.000 restaurantes em apenas seis meses.

Simultaneamente, o Burger King foi o primeiro restaurante a lançar a Impossible Sausage em junho, quando lançou o Impossible Croissan’wich em todos os seus 7.500 restaurantes nos Estados Unidos. E uma semana depois, a Starbucks lançou o Impossible Breakfast Sandwich, também em todos os 15.000 Starbucks do país.

A Impossible Sausage também foi colocada à venda para todos os restaurantes dos Estados Unidos por meio de grandes distribuidores de food service, começando com 30 dos restaurantes mais bem avaliados do país.

Missão e visão impossíveis

A Impossible Foods é uma empresa que tem uma visão ousada: “Salvar carne e terra”. Em um comunicado público, o Dr. Patrick O.Brown, CEO e fundador da Impossible Foods, disse que:

“O uso de animais para fazer comida é a tecnologia mais destrutiva da Terra, um dos principais motores da mudança climática e a principal causa de um colapso global catastrófico das populações de vida selvagem e da biodiversidade. Assim, “a missão da Impossible Foods é substituir aquele sistema arcaico fazendo as carnes mais saborosas, nutritivas e sustentáveis ​​do mundo, diretamente das plantas. Para fazer isso, a Impossible Foods precisa sustentar o seu crescimento exponencial em produção e vendas e investir significativamente em P&D. Nossos investidores acreditam em nossa missão de transformar o sistema alimentar global, e eles reconhecem uma oportunidade econômica extraordinária.”

De acordo com o comunicado da marca, seu mais novo investimento será voltado para a expansão da pesquisa e desenvolvimento de novos produtos. Também, será usado para funções internas.

Momento de expansão impossível

A nova rodada de financiamento segue o impulso da Impossible Foods para entrar em supermercados e outros grandes varejistas em meio à pandemia de COVID-19 em pleno curso.

O premiado Impossible Burger da Impossible Foods, que parece, cozinha e tem sabor idêntico à carne de origem animal, foi lançado em restaurantes em 2016. No ano passado, ele fez sua estreia de expansão por redes de supermercados nos EUA.

A Impossible Foods e seu principal produto, tiveram um aumento no crescimento em meio à pandemia, com o produto expandindo de 150 lojas em todo o país em março para mais de 8.000 agora, com produtos à venda no Walmart, Kroger, Trader Joe’s e outros.

Aproveitando a onda do COVID-19, que obrigou restaurantes a se fecharem para limitar a propagação do vírus. Bem como, a interrupção das cadeias de abastecimento de carne, houve a distribuição em escala no varejo. Como resultado, as projeções de vendas da Impossble nos EUA são espetaculares.

A empresa pretende focar nas vendas no varejo até o final deste ano. Além disso, mais empresas podem adicionar os produtos da Impossible Foods em seu cardápio, o que também terá efeitos positivos nas vendas.

Ao que tudo indica, nas mãos da Impossible Foods o impossível tem se tornado real.

Saiba mais sobre a Impossible Foods: a plant based de US$ 4 bilhões.



por Nadia Ferreira Gonçalves em 25 de agosto