Após meses de especulação, o Burger King Vegan Royale foi lançado no Reino Unido, ao lado de um Whopper à base de plantas. A nova variação do hambúrguer de frango está sendo desenvolvida há anos sob o olhar atento da Vegan Society.

O frango à base de plantas derivado do The Vegetarian Butcher é coberto com alface americana, maionese vegana e pão torrado com sementes de gergelim. Segundo informações da BK, passa por processos de cozimento rigorosos, que garantem que ele seja mantido completamente separado de produtos de carne, laticínios e ovos. Assim, ele ganhou a nova certificação da Vegan Society para hambúrgueres.

“No Burger King UK, estamos empenhados em entregar alimentos saborosos para nossos clientes, então, propositadamente, dedicamos nosso tempo com o Vegan Royale para garantir que seja o melhor do mercado . Na verdade, diríamos que é uma experiência de sabor idêntica ao Chicken Royale original.” Disse Soco Nunez, Diretor de Marketing do Burger King UK, num comunicado à imprensa.

burger-kink-vegan-royale
Imagem? Instagram @burgerkinguk/Reprodução

“🗣 CHAMANDO TODOS OS VEGANOS! Diga olá ao nosso novo Vegan Royale🔥” Diz a legenda do post de lançamento no Instagram do BK UK.

Já o Whopper à base de plantas, é feito de um hambúrguer grelhado à base de soja, coberto com tomates, alface recém-cortada, maionese vegana, picles, ketchup e cebolas fatiadas em um pão macio de gergelim. No ano passado, o Burger King foi criticado por causa de anúncios sugerindo que seu Rebel Whopper era adequado para veganos, quando continha maionese à base de ovo e era cozida junto com hambúrgueres de carne. O novo Whopper chega para se redimir. 

Será que essas novidades chegarão logo ao Brasil?

Burger King plant-based e sustentável

Os lançamentos faze parte das ações do Burger King UK para alcançar as metas de tornar seu cardápio 50% à base de plantas até 2031.

Segundo o CEO do Burger King UK, Alasdair Murdoch, a empresa quer priorizar a nutrição com sua alimentação, tanto para o consumidor quanto para o planeta. “Agora, mais do que nunca, acreditamos que alimentos frescos e de boa qualidade são vitais para a qualidade de nossas vidas e a saúde de nosso planeta”, disse ele.

A expansão da linha vegetal do Burger King vem em resposta a um forte aumento na demanda do público por comida vegana e vegetariana , e um impulso corporativo para polir as credenciais verdes da marca. O Burger King UK prometeu recentemente descartar o uso de plástico de uso único até 2025, reduzir o desperdício de alimentos e adquirir soja, madeira e café sustentáveis ​​como parte de sua nova agenda de sustentabilidade. 

Estudos têm mostrado repetidamente que a carne bovina tem a maior pegada de carbono de todos os alimentos, mesmo que seja cultivada em pastagens. Cientistas alertaram que uma redução acentuada em seu consumo será necessária para atender às metas climáticas.

Leia também: Veganismo e vegetarianismo estão mudando o fast food



por Nadia Ferreira Gonçalves em 26 de abril