Quer conhecer os vencedores do concurso do Carrefour para startups plant-based? A competição era dividida em três categorias: oferta inovadora e acessível; conceitos fortes em lojas ou on-line e soluções inovadoras, com 15 finalistas selecionados que apresentaram seu pitch na frente do juri em Paris. 

Podiam se inscrever startups do mundo todo que buscavam trazer soluções inovadoras, práticas e escaláveis, ou seja, qualquer startup com produto mínimo viável e com tecnologias ou soluções próprias que se enquadrassem em alguma das três categorias.  

10 vencedores do concurso do Carrefour para startups plant-based 

Vamos falar aqui sobre os 10 vencedores do concurso do Carrefour, lembrando que isso não é um ranking! 

VLY Food 

A marca alemã desenvolve leites vegetais sem alérgenos e nem açúcar. Em seu portfólio possuem: leite alta proteína, barista e original (em caixas) e as opções de cacau, avelã e baunilha (em garrafa) 

La Vie 

A empresa francesa produz carne de porco plant-based. O produto emite 88% menos de CO2, utilizando 82% menos de água e 74% menos terra do que o bacon tradicional. 

Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores

No começo desse ano, levantou € 25 milhões em uma rodada da Série A, liderada pela Seventure Partners com a participação da Natalie Portman e outros investidores ilustres. 

Lapp 

A empresa francesa oferece sorvetes veganos, orgânicos e naturais. Um dos seus diferenciais são os sabores com álcool e frutas como: tropical, mojito de morango, colada de limão, entre outros. 

Libre Foods 

A startup espanhola oferece alternativas de carne feitas com micélio — a parte vegetativa do fungo — no começo desse ano, conquistaram € 2,2 milhões em uma rodada seed com o objetivo de lançar seu primeiro produto esse ano na Espanha. 

“Nosso planeta não pode sustentar nosso sistema alimentar atual, por isso acreditamos que produzir produtos proteicos alternativos excepcionais, os quais as pessoas possam escolher e desfrutar, é a maneira mais eficaz de remover a tensão atual em nosso meio ambiente e garantir a segurança alimentar para nossa crescente população”, escreveu a empresa em sua página. 

Novish 

A Novish, sediada na Holanda, criou diversas alternativas de peixe adequadas para veganos: hambúrgueres, filés, atum, sticks, entre outros. 

As carnes vegetais são livres de soja, buscando combater a pesca excessiva e criar um equilíbrio na dieta das pessoas. 

Pink Albatross

A startup espanhola produz sorvetes veganos com diversos tipos de sabores: avelã torrada, duplo de chocolate, hortelã branca e chocolate, tropical manga, maracujá exótico, pistache assado, entre outros. Os princípios da marca são: ser clean label, ter ingredientes puros (com qualidade e simplicidade) e ter intensidade, ou seja, desenvolver sabores memoráveis. 

Rebl Eats

A empresa finlandesa oferece uma seleção de refeições prontas plant-based e de cafés. Algumas opções em seu portfólio são: carril com arroz de coco, ragu pappardelle, linguine limonelle, sanduíche de nova york, além de disponibilizar também sobremesas. 

Unlimeat

A marca é de propriedade da empresa coreana Zikooin, disponibilizando carnes vegetais feitas a partir de extrusão proprietária, algumas das opções são: carne seca, carne de porco refogada, costela grelhada, carne moída, almôndegas e hambúrgueres. 

Vale destacar que esse ano chegaram nos Estados Unidos e, para celebrar, adicionaram um outdoor na Times Square, praça famosa de Nova York. 

Verdify

A empresa holandesa tem como objetivo auxiliar as pessoas a personalizar receitas para combinar com o estilo de vida e necessidades alimentares. Dessa forma, disponibilizam uma tecnologia digital para esse fim. 

No caso, um algoritmo de troca proprietário substitui ingredientes não correspondentes, enquanto outro reescreve as instruções das receitas disponíveis na internet. 

Väcka

A Väcka é uma empresa espanhola com portfólio de queijos vegetais produzidos com um processo de fermentação. Alguns de seus produtos são: creme de castanha de caju e manjericão, creme de amêndoa e caju fermentado orgânico, semi curado com casca de páprica, entre outros. 

O Carrefour explicou na página do concurso a premiação: colocação direta de produtos (as startups poderão testar suas soluções inovadoras e aproveitar a presença física e on-line do supermercado), orientação de produtos e processos (conselhos práticos e experiência da equipe da empresa) e o acesso exclusivo na Feira Carrefour que ocorre em meados de junho de 2022. 

Vale destacar que os negócios poderão implantar sua oferta ou solução em um ou mais dos 9 países onde a empresa opera de forma direta, são eles: Brasil, Argentina, França, Bélgica, Espanha, Itália, Polônia, Romênia e Taiwan. 

Gostou de conhecer os vencedores do concurso para startups plant-based? Aproveite e leia também: 

Concurso do Carrefour para startups plant-based anuncia os 15 finalistas

7 presentes veganos para o Dia dos Namorados

Como levar a sustentabilidade para o prato?

*Imagem de capa: Divulgação YLV Foods | Foto: Fitch Gallery

Por Amanda Stucchi em 10 de junho