Beyond Meat lançou sua nova versão do Beyond Burger, que é um hambúrguer mais saudável à base de plantas com “avanços impressionantes em sabor e nutrição”. Chegando às lojas de varejo nos EUA em todo o país no início de maio, a terceira versão do Beyond Burger contém menos gordura e menos calorias, enquanto ainda rivaliza com o teor de vitaminas e sabor em comparação com a carne moída 80/20 convencional.

De acordo com a startup, os novos hambúrgueres proporcionam uma melhor experiência sensorial, com seus testes de consumidor validando a simpatia do novo perfil de sabor com uma pontuação “no mesmo nível” com hambúrgueres de carne bovina 80/20. Além disso, o novo Beyond Burger contém 35% menos gordura, 35% menos gordura saturada, menos calorias e nenhum colesterol em comparação com a carne moída, e contém vitaminas B e minerais correspondentes ao teor de micronutrientes de sua contraparte de origem animal.

“Estamos continuamente trabalhando para entender o sabor da carne em um nível mais profundo para garantir que nossa plataforma de carne bovina baseada em vegetais forneça uma experiência sensorial deliciosa e satisfatória”, comentou o diretor de inovação da Beyond Meat, Dariush Ajami.

O fundador e CEO da Beyond Meat, Ethan Brown, acrescentou que o lançamento do novo produto é “outro grande passo em frente no sentido de fornecer aos consumidores carne vegetal absolutamente deliciosa que é melhor para as pessoas e para o planeta, sem necessidade de sacrifício”

A marca apresentou pela primeira vez a nova iteração do Beyond Burger em novembro de 2020 . Na época, o chefe de comunicações da empresa, Shira Zackai, revelou que o último hambúrguer terá uma ligeira mudança nos ingredientes, removendo o feijão-mungo da formulação. Os hambúrgueres agora são feitos de proteína vegetal não transgênica proveniente de uma “mistura de ervilhas e arroz”. 

“Espero que esses avanços significativos em sabor e nutrição, usando apenas ingredientes vegetais não OGM, encantem os consumidores existentes”, disse o CEO Brown em sua última declaração.

E o preço?

O outro anúncio da Beyond faz parte de uma corrida contínua para a paridade de preços com a carne bovina: um novo pacote de quatro unidades é vendido por um preço sugerido de US$ 9,99, preço competitivo e muito abaixo do preço de cerca de US$ 4 por hambúrguer, visto quando o produto foi lançado.

O cenário

Atualmente, a Beyond Meat vende seus produtos em 28.000 locais de varejo nos EUA, incluindo Walmart, Kroger, CVS e Costco, e estabeleceu uma presença em mais de 80 países em todo o mundo, incluindo Brasil. Não está claro quando a nova iteração da Beyond Burgers será lançada em seus mercados internacionais, mas a última inauguração de sua fábrica na China sugere que o cronograma não estará muito distante para os consumidores asiáticos.

A decisão de lançar um hambúrguer mais saudável com menor teor de gordura e calorias surge no momento em que a consciência do consumidor sobre saúde e nutrição atinge novos patamares em meio à pandemia do coronavírus, bem como preocupações com o impacto do aumento das taxas globais de obesidade alimentando doenças crônicas.

À medida que o cenário de proteínas alternativas amadurece, os compradores também se tornaram cada vez mais experientes na detecção de listas de ingredientes e estão exigindo cada vez mais rótulos mais limpos de marcas no mercado de carnes vegetais.

Vários participantes vegetais já apresentaram ofertas voltadas para a saúde em resposta às tendências de consumo, entre eles a brasileira Fazenda Futuro.

Leia mais: 5 marcas brasileiras de hambúrgueres à base de plantas e Um em cada quatro americanos consome carne de plantas



por Nadia Ferreira Gonçalves em 30 de abril