Para quem quer expandir sua influência e sua rede – objetivos especialmente importantes para empreendedores e startups – o LinkedIn é um dos principais locais para ver e ser visto.

Se você também acompanhou a ascensão do LinkedIn nos últimos dois anos é fácil reconhecer que a rede é mais que apenas uma plataforma para apresentação de currículo online. De fato, a utilidade do LinkedIn vai muito além de suas ofertas de trabalho e networking. No entanto, é aqui que muitas pessoas ficam presas, e para dar uma forcinha extra, aqui vão 6 motivos para usar e 6 perfis para seguir no LinkedIn.

6 motivos para usar o LinkedIn:

1. Ajuda a expandir sua rede

Especialmente nos tempos em que fazer contato pessoalmente pode ser algo inconveniente, o LinkedIn pode ajudá-lo a criar uma rede virtual de contatos, que permanecerá mesmo depois que isso tudo acabar.

Ainda, é interessante observar que perder um cartão de visita é a coisa mais fácil que existe, mas um contato no LinkedIn sempre estará lá. Isso pode ser valioso.

2. Bom lugar para contratar ou ser contratado

De fato, as empresas realmente usam o LinkedIn para procurar possíveis candidatos a vagas de trabalho. Portanto, se você precisa contratar, a rede é um bom lugar. Mas se você está do outro lado e não quer perder uma boa oportunidade, marcar presença no LinkedIn pode garantir a sua contratação.

3. Ajuda mútua

Quando você tem um perfil ativo no LinkedIn, não está apenas se promovendo. Há recursos no LinkedIn que permitem que você valide suas conexões, e também seja validado. Apenas se certifique de oferecer recomendações reais, e lá você também poderá receber recomendações de pessoas respeitadas em seu setor.

4. Criar sua marca pessoal ou comercial

O LinkedIn fornece uma excelente plataforma para desenvolver e fortalecer sua marca. Pode aumentar sua visibilidade como indivíduo, e permite aumentar o perfil da sua empresa. Novamente, essa ferramenta deve ser usada com sabedoria, mas está disponível para você.

5. Gerar leads de forma relativamente barata

Investir em marketing é essencial. Usar o LinkedIn como ferramenta de geração de leads pode ser uma grande ajuda, afinal, são 200 milhões de usuários espalhados por mais de 200 países. Nunca foi tão fácil pesquisar, encontrar e conectar-se a milhares de clientes em potencial sem comprometer seu orçamento de marketing.

6. Notícias e publicações inspiradoras

Enquanto outras plataformas de mídia social tendem a se concentrar na vida pessoal das pessoas, a ênfase do LinkedIn está no profissional. Apresenta notícias de negócios, além de artigos motivacionais ou educacionais sobre vários tópicos, incluindo aqueles relacionados aos negócios veganos. Se você seguir as pessoas e organizações certas, poderá aprender bastante por lá.

Certamente, se você já está convencido em usar o LinkedIn e procura construir sua rede, temos algumas recomendações.

Muitos iniciam sua jornada no LinkedIn, preenchem seu perfil profissional, pesquisam negócios e ofertas de trabalho e se conectam com pessoas interessantes para o bom e velho network. Além disso, vale a pena seguir perfis que publicam conteúdos relevantes e que agregam valor à plataforma.

Assim, quem se interessa por negócios acaba deixando a rede de lado, ou seguindo apenas alguns dos grandes nomes mais óbvios – como Luíza Helena Trajano, Abílio Diniz e Flávio Augusto. Nesse contexto, são pessoas que oferecem grande valor para aqueles que estão de algum modo envolvidos no mundo dos negócios. No entanto, quem busca por conteúdos de qualidade relacionados ao mercado de inovação, plant based e de sustentabilidade pode encontrar dificuldades.

Mas não se preocupe! Separamos algumas influências interessantes para seguir no LinkedIn e ter acesso a conteúdos valiosos. São pessoas que estão conquistando audiência e agregando valor à plataforma com suas publicações.

6 perfis para seguir no LinkedIn:

1. Alberto Gonçalves

O Alberto faz curadoria e mentoria plant based para startups, foodtechs e agtechs, trabalha nas áreas de sustentabilidade e inovação. Ele é especialista no mercado de alimentos plant based e em seu perfil no LinkedIn ele compartilha as novidades desse ecossistema, além de divulgar eventos e notícias.

2. Brendan Brazier

Brendan é co-fundador da Vega and Pulp Culture, autor de best-sellers, editor-chefe da revista Alive e produtor executivo do filme The Game Changers. Precisa dizer mais? Bastante ativo no LinkedIn, ele compartilha publicações sobre empreendedorismo vegano, e que contam um pouco da sua jornada no mundo dos negócios veganos.

3. Christian ‘Crica’ Wolthers

O Christian ‘Crica’, empreendedor dinamarquês-brasileiro, é cofundador e CEO do Zen, investidor anjo e fundador do portal Vegan Business. No LinkedIn ele compartilha conteúdos relevantes para empreendedores, além de artigos sobre autoconhecimento e qualidade de vida. Extremamente útil para a vida, não é mesmo?

4. Junior Silva

Quer ficar por dentro de todas as tendências do mercado vegano? É só seguir o Junior no LinkedIn. Especialista em branding e design estratégico, ele é atento ao que há de mais novo na área, além disso, é muito ativo na rede, e dá aula de como marcar presença com sua própria marca, a Hiperattivo.

5. Laiz Hérida

Vamos falar sobre inovação, empreendedorismo e sustentabilidade? Conheça a Laiz, CEO da HL Soluções Ambientais, cujo foco é consultoria e serviços em meio ambiente. No LinkedIn da Laiz ela publica conteúdos ricos e inspiradores, que além de tudo são agradáveis de se ver.

6. Manu Matias

A Manu é empreendedora do mercado vegano, como sócia-proprietária da Germinou Vegan Food. Portanto, segui-la no LinkedIn pode ser especialmente bom para quem busca por assuntos relacionados a esse mercado. Além das novidades e tendências, ela também compartilha as notícias e publicações relevantes para empreendedores.

E aí, gostou desses 6 motivos para usar e 6 perfis para seguir no LinkedIn? Veja também estes 6 empreendedores veganos para seguir no Instagram.



por Nadia Ferreira Gonçalves em 19 de junho