Josh Tetrick, cofundador e CEO da JUST revelo que a empresa provavelmente vai abrir capital. O empresário acreditava que a pandemia COVID-19 atrasaria os planos da empresa de abrir o capital, no entanto, as vendas foram impulsionadas por mais clientes cozinhando em casa. “Isso torna mais provável que vamos abrir capital mais cedo. A meta de atingir a lucratividade operacional é algum tempo antes do final de 2021”, disse Tetrick à Reuters.

“Assim que atingirmos a lucratividade operacional, realmente começarei a considerar um IPO com minha equipe, meu conselho e alguns de nossos principais acionistas”, continuou ele.

A JUST faz o JUST Egg, um ovo vegano que é feito de proteína de feijão-mungo e se parece com ovo mexido. Pode ser usado para fazer diferentes pratos que pedem ovos, incluindo mexidos, omeletes, quiches e torradas francesas.

Segundo dados da SPINS, o ovo vegano é a categoria menos desenvolvida do mercado de alimentos à base de plantas, mas é a que mais cresce. As vendas em dólares de ovos vegetais cresceram 192%. Enquanto isso, as vendas de ovos convencionais diminuíram 10%.

A JUST tem trabalhado para aumentar a produção nos últimos dois anos. No ano passado, ela adquiriu uma instalação de 30.000 pés quadrados em Appleton, Minnesota, que extrai a maior parte da proteína do feijão mungo necessária para fazer o JUST Egg. Tetrick acrescentou que a empresa está procurando maneiras de extrair mais proteína do feijão mungo para reduzir custos. 



por Redação Vegan Business em 28 de agosto