Você sabia que já existe um studio de sobrancelhas totalmente vegano? Os produtos de sobrancelhas podem ter vários ingredientes que possuem origem animal, como gelatina, cera de abelha e a lanolina (esta última é uma substância que provém dos animais com lã, como as ovelhas e os carneiros). Uma empresa que está por dentro do mercado de sobrancelhas veganas é a Boom Boom Brow Bar, localizada em Nova York. A empresária Malynda Vigliotti sempre teve preocupação com o meio ambiente, adquirindo somente itens cruelty-free para o salão de sobrancelhas e usando cera vegana, porém, ela aproveitou o tempo do lockdown durante a pandemia do COVID-19 para transformar seu salão de sobrancelhas em 100% vegano e lançar seus próprios produtos.

Alguns exemplos desses lançamentos de produtos veganos e sem crueldade animal são o lápis de precisão e o bálsamo, a tintura em gel e a escova de sobrancelhas, além de uma cera. Ela falou à imprensa sobre esse período de pandemia: “Estamos usando máscaras indefinidamente, então os olhos são tudo o que vemos. Sem ser capaz de registrar um sorriso, as sobrancelhas são as únicas características em nosso rosto para transmitir uma expressão”. 

A história do studio de sobrancelhas Boom Boom Brow Bar 

A empresária Malynda Vigliotti, tem um diploma em Ciências pelo Fashion Institute of Technology e uma licença de esteticista, fundou a Boom Boom Brow Bar em 2008 em Nova York e já atendeu, desde então, cerca de meio milhão de pessoas. Ela tem uma grande história de superação que influenciou no seu negócio. Em 2006 foi diagnosticada com a doença de Graves, que causa anomalias no funcionamento da glândula tireoide e, por causa deste distúrbio, desenvolveu uma condição oftalmológica chamada “Oftalmopatia de Graves”, na qual o olho se desloca para frente. Depois de realizar cinco cirurgias e enxergando corretamente, Malynda pergunta para as pessoas na página da sua empresa: “O que estamos colocando nos nossos olhos e ao redor deles?”. 

Pensando nisso, Malynda criou uma empresa que buscava os produtos mais limpos possíveis para seus clientes, porque os cosméticos são absorvidos pela pele. 

Um salão de beleza vegano em São Paulo

Mas ninguém precisa ir a Nova York para encontrar um salão de beleza vegano. Existe um em São Paulo, o nome do empreendimento é “A Naturalista”. Foi idealizado por Simone Pires, que é formada em jornalismo e tinha uma carreira em design gráfico, ela resolveu mudar criando um espaço inovador que visa o bem-estar ético, natural e saudável. Seus produtos são veganos, cruelty-free e orgânicos. Na página do estabelecimento também é possível verificar que eles fazem alisamentos naturais,  colorações liberadas para as grávidas e alérgicos e também oferecem o serviço de depilação facial e design de sobrancelhas, entre outros. Esse salão tem um espaço na Vila Madalena e um estúdio em Perdizes, que também conta com uma Loja de Cosméticos Orgânicos e Naturais. 


Aproveite e leia também: 13 ideias de negócios veganos e 9 razões para usar cosméticos veganos e naturais



por Amanda Stucchi em 3 de junho