A marca Henkell Freixenet, líder mundial na produção de vinhos espumantes, anunciou este mês o lançamento de uma linha vegana que traz ao Brasil suas novas três opções em vinhos italianos: branco, rosé e tinto, todos livres de ingredientes de origem animal e de uso de animais em todo o processo de produção.

O Freixenet Garda DOC é baseado em uvas do tipo Pinot Grigio, produzidas nas imediações do Lago de Garda, na Lombardia, e traz um toque floral, frutado e cítrico. Já o Chianti DOCG foi elaborado a partir de uvas Sangiovese, típicas da Toscana, e conta com toque de frutas silvestres vermelhas com especiarias. O Italian Rosé é produzido com castas típicas da região do Vêneto. O resultado é um vinho refrescante, com aromas sutis e delicados. 

Com o sucesso dos lançamentos italianos nos últimos dois anos, o Prosecco e o Italian Rosé, a Henkell Freixenet decidiu ampliar a linha com três rótulos veganos, vinhos livres de derivados de origem animal.

“Acreditamos que o lançamento dessa linha terá grande aceitação com um consumidor mais jovem, já que ela se encaixa perfeitamente em encontros descontraídos e celebrações especiais do dia a dia.” Avalia Fabiano Ruiz, diretor-executivo da Henkell Freixenet no Brasil. 

Mas o o vinho não é, naturalmente, vegano?

Nem sempre. A principal questão diz respeito à clarificação, muito importante em brancos e rosés. Nesse processo, aditivos costumam ser utilizados e alguns dos produtos têm origem animal, como a clara de ovo.

A linha vegana Italian Wines já está disponível para compras em supermercados, empórios especializados e também no e-commerce da marca.

Leia mais sobre vinho vegano.



por Redação Vegan Business em 8 de setembro