Você sabia que outubro é o mês do vegetariano?

Anualmente, no dia 1º de outubro o mundo inteiro comemora o Dia Mundial do Vegetariano, abrindo assim o mês do vegetariano. A data é dedicada à promoção da dieta vegetariana, que é mais saudável e ecológica em comparação com uma dieta não vegetariana.

Além disso, este dia também é importante para ativistas dos direitos dos animais e ambientais, que promovem o vegetarianismo para tentar salvar vidas de animais e a saúde do planeta.

A principal missão do Dia Mundial do Vegetariano é “promover a alegria, a compaixão e as possibilidades de melhoria da vida através da dieta vegetariana”.

Um pouco de história

O Dia Mundial do Vegetariano foi iniciado em 1977 pela Sociedade Vegetariana Norte-Americana.

Apenas um ano depois, o dia tornou-se um evento internacional após ter sido aprovado pela União Vegetariana Internacional, em 1978. Além disso, este dia também dá início ao ‘Mês da Conscientização Vegetariana’, um evento iniciado pela União Vegetariana Internacional convidando todas as pessoas a fazerem a diferença no mês de outubro, por meio de informações sobre os benefícios do vegetarianismo.

A intenção é criar um mundo melhor, porque a dieta vegetariana tem benefícios comprovados para a saúde, salva vidas de animais e ajuda a preservar o planeta.

Significado

Desde 1977, muitos defensores do vegetarianismo usam este mês para espalhar a consciência sobre os benefícios dos alimentos à base de plantas . Tudo isso porque, a dieta vegetariana é mais amigável à saúde das pessoas, dos animais e do meio ambiente.

No Mês Mundial do Vegetariano, muitos restaurantes ao redor do mundo mudam seus menus para um totalmente vegetariano, ou incluem opções se ainda não o fizeram. Além disso, várias pessoas e instituições promovem o vegetarianismo por meio da mídia social e de eventos públicos.

Benefícios da dieta vegetariana

É bom para o meio ambiente

Uma alimentação à base de plantas não poupa “apenas” os animais, mas também, conserva o meio ambiente. Você sabia que os alimentos menos eficientes em termos energéticos são os produtos de origem animal? Especialmente as carnes bovinas, de cordeiro e de cabra. Isso ocorre porque a produção da carne bovina requer até 20 vezes mais recursos e emite 20 vezes mais emissões de gases de efeito estufa do que a produção de vegetais. Aves e suínos usam um pouco menos energia, mas ainda são emissores muito maiores do que produtos vegetais.

É bom para a saúde

As dietas vegetarianas geralmente envolvem o consumo de importantes nutrientes: fibras, ácido fólico, vitaminas C e E, magnésio, gordura insaturada e toneladas de fitoquímicos. Isso se traduz em colesterol mais baixo, risco reduzido de doenças cardíacas, pressão arterial mais baixa e peso mais saudável.

Comida vegetariana é deliciosa

As dietas sem carne têm uma má reputação por serem sem sabor, mas isso nem sempre é verdade. Praticamente, qualquer vegetal pode ser transformado em pratos deliciosos. Além disso, se a ideia é agradar o paladar com alimentos industrializados, há opções de hambúrgueres, chocolates, sorvetes e muito mais.

Quem disse que os vegetarianos não podem se divertir e comer bem?

Quer aderir à causa?

Compartilhe comida vegetariana

Mesmo que você não seja adepto a uma alimentação vegetariana, experimente por um dia. Prepare comida vegetariana para compartilhar com sua família ou amigos. Quase todo brasileiro adora um arroz com feijão e batata frita, então, use a criatividade!

Experimente a opção sem carne em um restaurante

Você é o tipo de pessoa que pula a seção vegetariana do cardápio sem sequer dar uma olhada superficial? Hoje, aproveite para explorar as ofertas vegetarianas e opte por uma refeição sem carne. Quem sabe? Talvez seja mais delicioso do que aquele prato que você sempre escolhe.

Faça compras na feira ou mercado local

Alguns dos vegetais e frutas mais frescos e deliciosos podem ser encontrados numa feira ou mercado local. Se você prestar atenção, certamente encontrará uma oferta diversificada de alimentos sem carne para agradar a qualquer gosto.

Demonstre seu interesse para o bem do planeta

Não encontrou o produto à base de plantas que procurava no mercado? Converse com o gerente. Muitos estabelecimentos ainda não oferecem opções vegetarianas porque não reconhecem a demanda. Se cada vez que você não encontrar um produto isso for comunicado, certamente alertará os responsáveis de que há uma demanda real.

Ofereça informações

Se você já conhece os benefícios da alimentação vegetariana, busque boas oportunidades para levar informação de qualidade a pessoas que se interessam pela mudança. Às vezes, tem alguém bem perto de você curioso e à espera de uma oportunidade para fazer a transição. Uma conversa leve e agradável pode fazer a diferença.

Mude o cardápio

Se você é responsável por um estabelecimento que vende refeições, mude o cardápio neste mês. Ao redor de todo o planeta, pratos à base de vegetais são a nova tendência! Se ainda não incluiu opção à base de plantas, o momento é mais que propício para iniciar e os resultados certamente te surpreenderão.

No momento crítico em que nosso planeta vivencia, com uma crise climática batendo à porta, epidemias de doenças crônicas e maus tratos a animais de produção, está na hora de todos fazerem a sua parte optando por alimentos mais eficientes, saudáveis e éticos.

Que tal aproveitar o mês do vegetariano e promover a alimentação à base de plantas?

Se interessa pelo assunto? Aqui estão outros artigos que você pode gostar:

Vegetariano e vegano: qual a diferença?

Estudo caracteriza a dieta vegetariana dos brasileiros.



por Nadia Ferreira Gonçalves em 1 de outubro