O leite vegetal está cada vez mais popular. Ele é uma ótima alternativa ao leite de vaca que é responsável pela morte de muitos animais inocentes. Porém não são apenas os animais que são beneficiados com a troca do leite. Além de trazerem benefícios à nossa saúde, os leites vegetais causam menos impacto às mudanças climáticas. E felizmente podemos encontrar uma grande variedade de tipos de leites vegetais.

De acordo com um estudo da Universidade de Oxford, o leite de vaca é capaz de gerar três vezes as emissões de gases com efeito de estufa de qualquer leite não lácteo.

Veja essa tabela abaixo onde mostra o impacto que cada leite gera no planeta:

Para produzir um copo de leite de vaca todos os dias, no final de um ano terão sido necessários 650 metros quadrados de terra.

E embora os leites vegetais também causem efeitos ambientais, como um único copo de leite de amêndoas gasta 74 litros, essa quantidade continua sendo menor do que a exigida pelo leite lácteo.

De acordo com Joseph Poore, da Universidade de Oxford, a produção de alimentos é responsável por um quarto de todas as emissões de gases do efeito estufa produzidas pelo homem, contribuindo para o aquecimento global.

A pesquisa também mostrou que a carne e outros produtos de origem animal eram responsáveis ​​pela maior parte das emissões de gases de efeito estufa, apesar de fornecer apenas um quinto das calorias consumidas.

O psicólogo da Universidade de Tecnologia de Sydney, mostrou em uma das suas pesquisas que as pessoas tendem a subestimar as emissões de gases com efeito de estufa dos alimentos e o leite não é excepção.

“As emissões de gases do efeito estufa do leite são cerca de 30 vezes mais altas do que as pessoas estimam (…) Eu suspeito que a maioria dos consumidores subestima as emissões de gases do efeito estufa, que são economizadas ao trocar o leite de vaca pelo leite de origem vegetal, como o leite de soja”, disse ele à BBC News.

O mercado leites vegetais

Com o crescimento do veganismo, muitas empresas não deixaram escapar a chance de produzirem leites veganos para os adeptos.

No Reino Unido as vendas das alternativas ao leite de vaca crescem muito rapidamente. E segundo pesquisas, esse crescimento acontece principalmente no mês de janeiro por lá. Entre os leites vegetais mais escolhidos estão: leite de soja e leite de amêndoas. Veja a tabela:

Outro ponto importante sobre o país é que mesmo dando preferência para leites de soja e amêndoas, nenhum outro país no mundo teve maior interesse de pesquisa em leite de aveia do que o Reino Unido nos últimos 12 meses. Isso aconteceu porque empresas de leite de aveia entraram recentemente no país, e estão dando um impulso nos interesses na bebida.

Por que janeiro?

Você talvez esteja se perguntando por quê janeiro é um mês que apresenta esse aumento. Um dos motivos para isso está na campanha Veganuary.

Assim como a Segunda sem Carne, o Veganuary é uma campanha que busca promover a dieta vegana durante o mês de janeiro. Quem desenvolveu esse projeto foi a organização  Veganuary. Só no ano passado, um recorde de 50.000 pessoas se inscreveu na campanha Veganuary para viver sem produtos de origem animal por um mês.

Para participar você só precisa fazer seu cadastro no site. É gratuito e, a partir da data da sua inscrição, você começa a receber no seu e-mail dicas e passo a passos de como se tornar vegano.

Felizmente, a popularidade do veganismo está crescendo para além de janeiro. As pesquisas por veganismo duplicaram no ano passado. Isso está trazendo números de cerca de 540 mil veganos no Reino Unido, de acordo com uma pesquisa de 2016 da Vegan Society, estimada em 150 mil em 2006.


Embora causem alguns impactos climáticos, nenhum leite vegetal consegue superar a emissão de gases e desperdício de água gerado pelo leite de vaca. Não é por menos que conseguimos ver um crescimento tão grande desse mercado.

Cada vez mais as pessoas estão se conscientizando de que consumir produtos de origem animal não fazem bem para saúde e para o meio ambiente. E dessa forma, também abre-se caminho para que novas empresas e startups comecem. Ou até mesmo que se renovem, como foi o caso da Elmhurst, empresa que trocou o leite de vaca por leite vegetal.

E você? O que acha de substituir o leite de vaca pelo leite vegetal pelo menos em janeiro?

Texto inspirado na matéria: Climate change: which vegan milk is best?

Leia também 4 perigos da carne para o meio ambiente e Veganismo no Brasil: como funciona



por Lari Chinaglia em 18 de janeiro