O couro de cogumelo já é uma alternativa utilizada na indústria da moda, marcas famosas como Adidas e Hermès já utilizaram esse material em seus produtos. Entretanto, o VTT Technical Research Center, centro de pesquisa finlandês, trouxe uma novidade: com sua tecnologia, é possível fabricar folhas de couro de cogumelo continuamente por metro, podendo ser adaptado ao processo de produção industrial rolo a rolo. Isso facilita a escala comercial do material. 

Segundo informações da VTT, o uso do micélio fúngico como matéria-prima, nos métodos anteriores, tinha limitações como aumentar o volume de produção, já que o cultivo do micélio ocorria em um formato bidimensional plano e de tamanho limitado. O pesquisador Manuel Arias Barrantes, desse centro de pesquisa, deu uma declaração: “Nosso processo permite superar essas limitações de tamanho”. 

Já o cientista sênior Géza Szilvay deu detalhes sobre o produto: “O material tem aparência de couro e pode ser tão forte quanto couro animal. Também oferece a possibilidade de ser colorido e padronizado e não contém nenhum suporte ou material de apoio”. Agora a VTT Technical Research Center explora as aplicações de sua tecnologia para o couro de cogumelo em acessórios, calçados e vestuários. 

No vídeo que mostra o procedimento, são dadas informações assustadoras sobre a indústria da moda, relatando que esse mercado é responsável pela emissão de 10% de carbono global, sendo mais do que todos os voos internacionais e transporte marítimo combinados. Já a produção de couro traz uma emissão de 130 milhões de toneladas de carbono por ano, segundo uma pesquisa do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), em Cambridge, Estados Unidos. 

Atualmente os pesquisadores também estão estudando como podem melhorar a resistência ao rasgo e à abrasão, utilizando abordagens com base biológica. 

Folhas de couro de cogumelo da VTT
Imagem: Divulgação VTT Technical Research Center

Como funciona a tecnologia para as folhas de couro de cogumelo?

A tecnologia com patente pendente da VTT Technical Research Center funciona assim: o micélio cresce em biorreatores comuns e com a fermentação líquida é possível escalar o material para níveis comerciais. Após esse procedimento, o micélio fúngico pode ser fundido e virar uma folha e, quando seco, se torna um material parecido com o couro, que pode ser pintado e modelado. 

É dito no comunicado: “Os benefícios dessa abordagem são que a fermentação líquida em biorreatores é facilmente escalonável em escalas comerciais e uma tecnologia de fermentação semelhante já é amplamente usada nas indústrias alimentícia, química e farmacêutica”. 

Com esse método, é possível trazer materiais com qualidade consistente, um preço competitivo e menores quantidades de resíduos, não produzindo tantas sobras. Além disso, o sistema desenvolvido desenrola essas folhas de cogumelo a uma taxa de um metro por minuto, provando sua eficiência. 

No vídeo onde mostra a fabricação, há um trecho em que o cientista Géza Szilvay falou: “Nós podemos fazer o micélio crescer de desperdício orgânico, por exemplo, porque não precisamos de terra, podemos cultivá-los no laboratório […]”, ele também acrescentou: “Nós não produzimos dióxido de carbono como as vacas e o produto final é biodegradável”. 

Folhas de couro de cogumelo da VTT
Imagem: Divulgação VTT Technical Research Center

Sobre a  VTT Technical Research 

A VTT já vinha pesquisando esse processo para produção de couro de cogumelo desde o ano de 2019, porém, se depararam com as limitações de cultivo biodimensional, portanto, elaboraram essa nova tecnologia apresentada aqui. 

O centro, sem fins lucrativos, é uma das principais instituições de pesquisa europeia. Essa estatal da Finlândia tem o objetivo de transformar grandes desafios globais em crescimento sustentável, tanto para os negócios quanto para a sociedade, usando a ciência e a tecnologia. Suas atividades de pesquisa se dividem em: soluções neutras de carbono, produtos e materiais sustentáveis, bem como tecnologias digitais. 

Algo que vale a pena ressaltar é que a Business Finland, agência governamental, financiou o trabalho de desenvolvimento dessa tecnologia para o couro de cogumelo. 

Aproveite e leia também: 

Marcas icônicas da moda se uniram para obter o couro de cogumelo 

Couro sustentável e sem crueldade se torna tendência na indústria da moda 

Adidas revela o icônico Stan Smith feito com couro de cogumelo 

*Imagem de capa: Divulgação VTT Technical Research Center / via Intelligent Living



por Amanda Stucchi em 22 de julho