O verão ainda está bem forte aqui no Brasil, mas independente da época, se tem uma coisa que amamos é sorvete, certo? É um alimento bastante fácil de se encontrar aqui no país. Seja em padarias ou mercados, marcas famosas ou máquinas nas ruas, seja de massa ou picolé. Mas e quando viramos veganos? Quais são as opções de sorvetes veganos que o mercado nos oferece.

O leite é um dos principais ingredientes presentes na maioria dos sorvetes e das marcas. Com exceção dos sorvetes feitos à base de frutas, é difícil encontrarmos opções populares e baratas desse alimento tão maravilhoso nas épocas mais quentes do ano.

Mas será que mesmo com o sorvete sendo uma paixão nacional, vale mesmo a pena pensar nesse negócio? Investir em sorvetes veganos é uma boa opção para o Brasil?

Já adianto, faltam marcas boas no mercado.

Sorvetes veganos é uma oportunidade de mercado

Se por um lado a quantidade de marcas a inovar com opções veganas é baixa, por outro lado a oportunidade de investir nesse mercado cresce. A demanda por sorvete é alta, e 14% da população brasileira está buscando uma alternativa vegana para consumir.

Por que 14%? Estima-se que no nosso país existam 14% ou 30 milhões de pessoas que se consideram vegetariana. Baseado em pesquisas e estimativas de outros países, a média é que 7 milhões de brasileiros sejam veganos. E esses são apenas alguns dados que mostram como é o veganismo no Brasil.

De acordo com Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvetes (Abis), o Brasil está em 10º como o maior produtor mundial desse tipo de alimento. A região Sudeste tem o maior consumo de sorvete do país com 52%; seguida do Nordeste (19%); Sul (15%) e Centro-Oeste (9%).

Outro dado que não pode ser deixado de lado é o futuro do sorvete. Pesquisas mostram que o mercado global de sorvete foi avaliado em US$ 54,80 bilhões em 2016. Na época, a expectativa da taxa de crescimento composto (CAGR) era de 4,1% até 2025.

O segredo do mercado de sorvete está na inovação. Embora para algumas pessoas possa ser difícil inovar nesse alimento, muitas vezes pequenas atitudes podem mostrar grandes resultados. Um exemplo disso é atendendo a demanda vegana ou realmente buscando maneiras mais criativas para vender.

Teve sorveteria, por exemplo, inovou no mercado de sorvete com a criatividade, servindo sorvete em uma bola de algodão doce. “Ela é desenvolvida no Japão, é lúdico e fofo dentro de tendências de comida mais fofas. A gente juntou duas coisas que lembram a infância: a criança ama tomar sorvete e algodão doce era a casa de minha infância, de parques, festinhas que ia”, explica o empresário Manoel Lima.

Dessa forma, podemos ver que há uma grande oportunidade de explorar esse mercado. E por que pensar em marcas? Você conhece as marcas que realmente vendem sorvetes veganos aqui no Brasil?

Separei as mais conhecidas para você saber.

Marcas de sorvete veganos

A primeira dica que eu tenho é: descubra as sorveterias perto da sua casa. Algumas sorveterias já estão inovando e oferecendo sorvetes a base de água e totalmente veganos. Pode ser, que perto da sua casa, você encontre uma opção saborosíssima para curtir o final de verão – ou qualquer outra época do ano.

Além disso, busque por essas marcas:

Mondo

O sorvete Mondo surgiu das criadoras do canal Viewganas. Elas desenvolveram uma versão totalmente vegana de um sorvete bastante famoso aqui no Brasil. O seu sabor chega a dar água na boca: baunilha com calda de caramelo, cobertura de chocolate com crocante de caramelo.

O Mondo está custando 9 reais, e pode ser comprado em alguns restaurantes na cidade de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, entre outras. Cada vez mais o Mongo ganha espaço e logo logo alcança o Brasil todo. Para saber exatamente onde encontrar, clique aqui.

Ben and Jerry

A marca queridinha Ben and Jerry pensou na demanda dos 14% da população vegetariana, e desenvolveu opções veganas para seu cardápio.

A linha vegana tem o nome de Don Dairy. A base dos sorvetes veganos da marca são de amêndoas, e são cheios de pedaços e calda “como um bom Ben & Jerry’s deve ser!” Até o momento, a marca oferece duas opções de sorvetes veganos:

Sorvete à base de amêndoas com pedaços de amêndoas caramelizadas e calda de caramelo salgado; e Sorvete à base de amêndoas sabor coco com pedaços de chocolate e amêndoas.

Sorveterias

Embora ainda não seja tão fácil encontrar marcas de sorvetes veganos para vender no supermercado e nas padarias, ainda é possível encontrar sorveterias com esses alimentos.

Sorveterias e gelateria como Veganeria Stuzzi, Bacio de Latte, Alfreddo, são alguns dos exemplos que oferecem apenas ou alguma opção de sorvete vegano. Elas são encontradas principalmente nas cidades de São Paulo.

Se você der o famoso google e pesquisar, pode ser que encontre mais opções. Mas esse mercado merece mais atenção. Falta opções populares e que possam ser encontradas nos mercados de todas as cidades sem dificuldade. Se nós amamos tanto esse alimentos, por que não encontramos tantos sorvetes veganos por aí? Vamos buscar alavancar esse mercado e trazer mais novidade. Assim, veganos e não veganos, terão novas opções para experimentar.

Leia também Empreendedorismo vegano: 6 motivos para você apostar e Mudança climática: qual leite vegetal escolher?



por Lari Chinaglia em 7 de março