Entre os dias 17 a 31 de outubro um menu exclusivo espera pelo público em restaurantes selecionados nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Assim, a The Vegetarian Butcher chega ao Brasil, primeiro país da América Latina a receber os produtos da marca.

História da The Vegetarian Butcher

Nascido em Haia, na Holanda, o “açougue de plantas” veio com a intenção de livrar a cadeia alimentar global do uso de animais. The Vegetarian Butcher foi fundado em 2010, pelo agropecuarista de nona geração Jaap Korteweg. Ele, se tornou vegetariano após testemunhar os horrores da doença da vaca louca e da gripe suína.

Diante dos problemas causados pela indústria alimentar de origem animal, Korteweg iniciou uma busca por substitutos de carne à base de vegetais. O principal objetivo era criar um produto vegano de sabor sensacional, que agradasse até mesmo os maiores amantes de carne. E ele conseguiu.

Em seguida, o objetivo era garantir que substitutos de carne à base de vegetais estivessem disponíveis em todo o mundo no curto prazo. Desse modo, iniciou um ousado plano de expansão.

Com a expansão do negócio, surgiram pontos de venda na Inglaterra, Portugal, Grécia, Bélgica e Alemanha, entre outros e o sucesso do primeiro açougue vegetariano do mundo chamou a atenção. Em 2018, a gigante Unilever Food Solutions adquiriu o The Vegetarian Butcher, como parte de sua estratégia para aumentar o portfólio de alimentos vegetais mais saudáveis e com menor impacto ambiental. Para os fundadores, era a chance de levar os produtos para todo o mundo, ou seja, objetivo alcançado.

Lançamento no Brasil

O “Food Show” de lançamento da The Vegetarian Butcher chega ao Brasil semanas após o produto ser lançado em Hong Kong. Para a ação de lançamento foi planejado um “Hack”, que será promovido entre os dias 17 e 31 de outubro em mais de 180 restaurantes.

No portfólio inicial estão quatro produtos sem nenhum ingrediente de origem animal, especialmente pensados para negócios: nuggets, hambúrguer, carne moída e almôndegas, todos totalmente livres de ingredientes de origem animal.

A ideia é facilitar a rotina das cozinhas, desde a compra até a armazenagem e o manuseio. A Unilever oferece ainda receitas com o uso dos produtos, e podem ser usadas como inspiração para a criação dos novos cardápios.

Leia mais sobre carnes à base de plantas e o mercado de alimentação à base de plantas.



por Nadia Ferreira Gonçalves em 13 de outubro