A NotCo, marca que desenvolve produtos à base de plantas, anunciou uma novidade: após levantar US$ 235 milhões em uma rodada da Série D, a empresa se tornou o primeiro unicórnio latino-americano de alimentos plant-based. 

Quem liderou a rodada foi o fundo de investimentos Tiger Global Management. Outros participantes foram o DFJ Growth Fund, The Social Impact Foundation e a Zoma Lab, além dessas empresas, os empreendedores Joe Gebbia, do Airbnb, e Jack Dorsey, do Twitter, com as celebridades Lewis Hamilton, Roger Federer e o DJ Questlove também participaram da rodada. 

A empresa chilena teve valuation de US$ 1,5 bilhão, se enquadrando no conceito de unicórnio (empresas que valem US$ 1 bilhão no mínimo). Com o valor, a NotCo pretende expandir para outros mercados, como o México, Colômbia e o Canadá e, depois, ir para a Europa e para a Ásia. Já nas terras brasileiras, a marca tem o objetivo de acelerar suas vendas e transformar o país em seu maior mercado latino-americano. 

Matias Muchnick, CEO e co-founder, disse à Folha que a principal dificuldade para popularizar o vegetarianismo no país são os impostos: “Enfrentamos tantos impostos que não se pode competir em preços”, também afirmando que a estratégia que será utilizada no Brasil é reduzir as margens de lucro, no curto prazo, para diminuir os preços. Também irão aumentar a escala de produção para baratear o custo por unidade.

NotCo levanta US$ 235 milhões em rodada e se torna empresa unicórnio
Imagem: Divulgação NotCo

Nos Estados Unidos, a NotCo também tem planos de aumentar sua participação, tornando esse mercado o responsável por 50% de seu faturamento até o ano de 2022. Além disso, também investirá mais na área de pesquisa e desenvolvimento. 

Em um comunicado à imprensa, Matias Muchnick, relatou: “O nível de entusiasmo que recebemos de nossos parceiros é emocionante e humilde. Todos nós compartilhamos a mesma visão para a capacidade de Giuseppe [IA da empresa] de catapultar alimentos à base de plantas para a adoção convencional em um ritmo rápido, focando no sabor, sustentabilidade e infiltrando-se em várias categorias de uma vez. Somos gratos por ter o apoio da Tiger Global enquanto construímos uma marca de tecnologia de alimentos com alcance global e capacidade de reinventar a indústria de alimentos”. 

O sócio da Tiger Global, Scott Shleifer, também deu uma declaração: “NotCo criou produtos alimentícios à base de plantas de classe mundial que estão rapidamente ganhando participação de mercado”, tendo acrescentado: “Estamos entusiasmados com a parceria com Matias e sua equipe. Esperamos que a inovação contínua de produtos e a expansão para novas geografias e categorias de alimentos gerem um crescimento elevado e sustentável nos próximos anos”. A marca também afirmou a Folha que irá lançar futuramente análogos para a carne branca de peixes.

Crescimento da NotCo até se tornar uma empresa unicórnio

A NotCo é uma empresa plant-based que tem um grande crescimento no mercado. Foi fundada em 2015, no Chile, pelos founders Karim Pichara, Matías Muchnick e Pablo Zamora.

Atualmente está presente em cinco países, e conta com a Inteligência artificial apelidada de Giuseppe para trazer novos produtos à base de plantas para o mercado. Matías Muchnick disse no comunicado: “Nossa IA patenteada nos dá uma vantagem competitiva significativa devido à velocidade e precisão com que somos capazes de desenvolver e trazer novos produtos ao mercado”. Em toda a história da empresa a marca levantou mais de US$ 350 milhões.

Gostou de conhecer sobre esse unicórnio plant-based? Aproveite e leia mais sobre a empresa:

Venture Capital: a startup NotCo faz parte do portfólio da G2D

NotCo e Umiami vencem desafio sobre proteínas alternativas

NotCo recebe aporte do Enlightened Hospitality Investments

*Imagem de capa: Divulgação NotCo / via InfoMoney



por Amanda Stucchi em 26 de julho