As proteínas são componentes essenciais para a nossa alimentação, são fundamentais para a manutenção de músculos, tecidos e órgãos saudáveis. Tradicionalmente, as proteínas são associadas a alimentos de origem animal, como carne, ovos e laticínios. No entanto, nas últimas décadas, o poder das proteínas vegetais tem sido cada vez mais reconhecido.

Proteínas vegetais

As proteínas vegetais estão presentes em uma ampla variedade de alimentos, como feijões, lentilhas, grão-de-bico, ervilhas, nozes, sementes, tofu e tempeh. Além disso, muitos cereais integrais, como arroz integral e quinoa, também são fontes ricas em proteínas. Eles são uma excelente alternativa para aqueles que desejam diminuir o consumo de carne ou eliminar alimentos de origem animal de suas dietas.

As proteínas vegetais são capazes de fornecer todos os aminoácidos essenciais necessários para a saúde do corpo humano. Embora algumas alimentos de origem vegetal não sejam completos em aminoácidos essenciais, combiná-las com outras fontes de proteínas vegetais fornece uma combinação perfeita e balanceada.

Os aminoácidos essenciais são a histidina, isoleucina, leucina, lisina, metionina, fenilalanina, treonina, triptofano e a valina.

Além disso, fornecem muitos benefícios para a saúde. Naturalmente baixos em gordura saturada e colesterol, são opões saudáveis para a saúde do coração. Eles também são ricos em fibras, vitaminas, minerais e antioxidantes, o que ajuda a prevenir doenças crônicas, como diabetes, câncer e doenças cardíacas.

Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores

As proteínas vegetais também podem ajudar a perder peso. Elas são uma fonte de calorias menos densa do que as proteínas animais e, portanto, podem ajudar a reduzir o consumo total de calorias, o que pode levar à perda de peso.

Sustentabilidade

O poder das proteínas vegetais também beneficia o planeta. A produção de desses alimentos é mais eficiente do que a de proteínas animais, pois requer menos recursos naturais, como água e terra. A produção desses alimentos também produz menos emissões de gases do efeito estufa, o que é importante para combater as mudanças climáticas.

Esses alim são uma excelente alternativa saudável e sustentável para substituir as proteínas de origem animal.

Incluir proteínas vegetais na alimentação é uma escolha inteligente para o bem-estar pessoal e do planeta.

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também:

Mercado global de queijos veganos atingirá US$2.74 bilhões até 2028

Desperdício de alimentos representa 50% dos gases do efeito estufa

Milk Makeup e Reebok lançam coleção de tênis veganos

Imagem ilustrativa de capa: Pexels

Por Ana Cristina Gomes em 3 de maio