Na última semana o Vegan Business conversou com Leonardo Nones, co-founder da Veggi, a primeira plataforma de delivery de vegano e vegetariano do Brasil. Dentre as mudanças impostas pelo período de grandes desafios, Leonardo conta como eles enxergaram e souberam aproveitar as oportunidades do mercado.

Nossos leitores vão adorar saber como nasceu a Veggi e o que vocês fazem!

No início de abril de 2020, quando os restaurantes tiveram que fechar as portas, vimos uma enorme demanda reprimida por opções veganas no delivery. O mercado vegano já vinha crescendo a 40% ao ano e só foi acelerado com o início da pandemia – no Brasil, 3 a cada 100 pessoas aderiram ao veganismo após nesse período. Porém, o número de restaurantes veganos ainda é pequeno e apenas uma fração destes fazia delivery antes do lockdown. Vimos nisso uma oportunidade para criar o primeiro app de delivery focado no público veg, reunindo todos os restaurantes veganos em um lugar só.

Veggy
Imagem: Divulgação

Pode compartilhar alguns KPI’s com a gente?

Em menos de um ano de operação como Veggi, já geramos mais de R$600 mil de vendas para os restaurantes e realizamos mais de 12 mil entregas para cerca de 2 mil clientes.

Além disso, contribuímos para a redução de 126 toneladas de CO₂ emitidos na atmosfera e uma economia de 30 milhões de litros de água, através do impacto gerado pela redução de alimentos com origem animal no dia a dia de nossos clientes.

Quais são os próximos passos? Vocês vão levantar capital?

Em 2021 iremos continuar focando a nossa operação em Florianópolis, fortalecendo a posição da Veggi como referência local dentre as plataformas de delivery. Queremos expandir para outras cidades a partir de 2022 e, para isso acontecer, estamos buscando levantar uma rodada de capital anjo com o objetivo de tornar a nossa operação mais escalável.

Como é empreender no meio de Gigantes como iFood, Uber Eats etc?

Existem vários benefícios em empreender no meio de gigantes: quanto maior o volume e tamanho dos nossos concorrentes no setor de delivery, maior a maturidade desse mercado e mais rápida a mudança de hábito do consumidor para utilizar esse serviço com maior frequência.

Estamos seguros quanto ao nosso espaço nesse mercado, pois possuímos diferenciais competitivos que não podem ser facilmente copiados por essas grandes empresas.

O que diferencia a Veggi dos concorrentes?

Somos a única plataforma de delivery vegano no Brasil, oferecendo um volume muito maior de opções veganas para os consumidores e proporcionando uma maior segurança sobre quais produtos realmente são livres de origem animal.

Além disso, a Veggi incentiva o uso de embalagens sustentáveis, reduzindo o lixo na cadeia de delivery. Também cobramos taxas de comissão mais justas para os restaurantes e colocamos uma enorme importância no atendimento humanizado e veloz para restaurantes, entregadores e clientes, o que não é feito pelas outras plataformas de entrega.

Qual a visão a longo prazo?

A nossa visão é transformar a Veggi na plataforma líder em geração de impacto socioambiental positivo. Queremos alavancar o consumo de produtos veganos em uma escala muito maior, não apenas geograficamente, mas também na diversidade de produtos (refeições, vestuário, cosméticos, higiene, etc.), agregando tudo que consumidores conscientes precisam em apenas um lugar.

Gostou de conhecer a Veggi? Leia também: Entrega de alimentos veganos está em alta e Pandemia fez mais pessoas aderirem ao veganismo



por Nadia Ferreira Gonçalves em 14 de abril