Os cosméticos veganos e naturais estão influenciando o mundo da beleza e mudando o panorama da cosmética de um jeito jamais visto. Assim, vendê-los pode representar uma excelente oportunidade para quem deseja empreender com uma causa justa e aproveitar um mercado em plena ascensão.

Tudo isso porque, a mentalidade das pessoas está mudando e dando origem a uma demanda exponencial. Consequentemente, o crescimento do mercado de cosméticos veganos e naturais está apenas começando e o cenário fornece o timing ideal para quem não quer desperdiçar o potencial deste mercado.

Cada empreendedor tem uma história diferente sobre o motivo pelo qual decide enveredar pelo mundo dos negócios e com empreendedorismo vegano não é diferente. Contudo, vender cosméticos veganos, para muitos, é uma maneira de impactar positivamente o mundo, incorporando a causa animal, a saúde humana e o meio ambiente. Assim nascem negócios inovadores, que fornecem alternativas benéficas para a saúde humana, para o meio ambiente e ainda protegem os animais.

maquiagem-vegana-e-natural
Imagem: Divulgação/ Twoone Onetwo

A emergente demanda por cosméticos veganos e naturais

Embora “beleza” ainda seja o principal termo que vem à mente quando pensamos em produtos cosméticos, um número cada vez maior de consumidores espera encontrar qualidades “sustentáveis”, “ecológicas” e “éticas” nos produtos que compram. Portanto, vender cosméticos veganos e naturais é entregar exatamente o que o consumidor deseja.

Neste contexto, a cosmética vegana e natural representa uma forma autêntica de atender as demandas atuais, pois parte de seus valores fundamentais e compromisso corroboram com as necessidades emergentes. Essa oferta de valor, que vai além do produto em si, tende a conquistar cada vez mais consumidores conscientes do impacto de suas escolhas.

cosmeticos-veganos
Imagem: Divulgação/ Twoone Onetwo

O mercado global de cosméticos

Atualmente, o mercado global de cosméticos veganos está avaliado em US$ 15,1 bilhões e com previsões de crescimento alavancado para os próximos anos. De olho nessa tendência, grandes players da indústria cosmética internacional já estão investindo para oferecer rótulos veganos e com ativos mais naturais.

No entanto, o grande diferencial deste mercado são as marcas nacionais, que além de todas as vantagens intrínsecas aos seus produtos, colaboram com a economia local de modo sustentável. Ademais, a indústria de cosméticos nacional está cada vez melhor, fazendo com que o consumo de produtos importados seja desnecessário.

esmalte-vegano-twoone-onetwo
Imagem: Divulgação/ Twoone Onetwo

Um ótimo exemplo é a Twoone Onetwo, marca conhecida no mercado de cosméticos veganos e naturais, que possui uma linha completa de cosméticos veganos, cruelty free e naturais. Tudo livre de substâncias tóxicas e com o adicional de ter a sustentabilidade enraizada em seu DNA.

Essa sustentabilidade se dá de forma ambiental, social e econômica, de modo que é vivenciada no dia a dia, na elaboração dos produtos, na compra de matérias-primas e embalagens, na logística, na relação com os colaboradores, fornecedores e comunidade.

Além de canais de venda direta, a empresa também oferece oportunidade de revenda de seus produtos, com toda a transparência que o mercado merece. Se você se interessa em vender cosméticos veganos e naturais, visite o site da Twoone Onetwo, veja como é fácil se tornar um revendedor.

O mercado vegano demanda por estes produtos, principalmente fora dos grandes centros. Por fim, argumentos de venda não faltam, afinal transformar a simples vontade de empreender em uma odisseia para impactar positivamente o planeta já parece ser suficiente. Desse modo, vender cosméticos veganos e naturais é estar por dentro das maiores tendências deste mercado, oferecendo produtos que farão bem aos consumidores, aos animais e ao planeta.

Leia também: Mercado global de cosméticos veganos ultrapassará US$ 21 bilhões até 2027



por Nadia Ferreira Gonçalves em 3 de maio