Neste último domingo (07), Príncipe Harry, 36, e Meghan Markle, 39, deram uma entrevista exclusiva à Oprah Winfrey, apresentadora e jornalista norte-americana. O casal, que deixou oficialmente, em 2020, as obrigações como membro da família real, convidou Oprah para sua nova casa em Montecito, Califórnia. A conversa, que expôs racismo e conflitos internos sofridos dentro da monarquia britânica, além de ter anunciado que Meghan está grávida de uma menina, mostrou os animais que eles resgataram.

A entrevista durou cerca de duas horas e foi transmitida no horário nobre pelo canal CBS. Em um momento, Oprah conheceu o galpãozinho que abriga galinhas resgatadas de uma fazenda industrial. Intitulado “Archie’s Chinken Inn”, o local recebe o nome do filho de quase dois anos de idade.

“Olá, garotas!”, Meghan disse ao avistar as galinhas. “Ela sempre quis galinhas”, explicou Harry. “Eu apenas amo resgatar”, continuou Meghan. Em 2018, a ex-atriz também adotou um beagle que foi nomeado Guy Markle, resgatado de um abrigo em Kentucky que aplicaria eutanásia ao animal. O cão esteve ao seu lado desde que Markle conheceu Harry.

Durante a visita às galinhas resgatadas, Markle explicou o motivo de sua saída da família real, que foi resultado do tablóide britânico e o racismo perpetuado por pessoas de dentro do palácio. O que chocou a internet foi a revelação de que membros da família teriam ficado preocupados com a cor da pele do primeiro filho do casal. Meghan revelou que pensou em tirar a própria vida devido ao bullying sofrido quando estava grávida de Archie.

 Oprah-and-Meghan-Markle

Afinal, Meghan Markle é vegana?

Embora não seja confirmado que Meghan seja vegana, a Duquesa de Sussex é uma conhecida defensora de uma vida sustentável. Quando atuava na série televisiva “Suits”, ela disse à revista Best Health: “Quando estou filmando, tenho consciência do que como. Eu tento comer vegan durante a semana e então tenho um pouco mais de flexibilidade com o que eu procuro nos fins de semana.” Ela também chamou a atenção com seu guarda-roupa composto por peças que não contêm conteúdos vindos de animais, muitas vezes escolhendo aparecer publicamente em peles artificiais e couro vegano. Dentre estes, os tênis vegan Stan Smith X Stella McCartney da Adidas, nos quais ela foi vista usando no Abel Tasman National Park na Nova Zelândia, durante um passeio, em 2018.

Já em dezembro de 2020, depois de declarar independência financeira da família real, Markle fez seu primeiro investimento na Clevr Brands, uma empresa de latte vegano que doa uma parte de seus lucros para apoiar pautas como segurança alimentar e justiça racial. Durante as férias, Markle enviou a Winfrey – que também mora em Montecito – uma cesta de presentes cheia de lattes veganos da Clevr, rendendo elogio da apresentadora.

Resgate de animais

Há muitos cães e gatos abandonados diariamente nas ruas, e, infelizmente, muitos abrigos acabam sacrificando os que não são adotados ou quando os animais estão com ferimentos/doenças graves e sem chance de recuperação. Nos Estados Unidos, o governo também faz controle populacional de animais com eutanásia.

A adoção destes bichinhos precisa ser consciente e também amplamente divulgada, assim, menos animais ficam presos em abrigos e/ou sofrendo nas ruas.

Leia também: MeAuDote: o aplicativo para adoção de pets e Santuários de animais: 4 para você conhecer e ajudar



por Ana Reis em 11 de março