A Unilever, terceira maior empresa de bens de consumo do mundo, comprou essa semana a The Vegetarian Butcher, empresa holandesa que fabrica carnes veganas, também conhecidas como carnes à base de plantas. A compra faz parte de uma ambição de expandir sua presença em alimentos mais saudáveis e com menor impacto ambiental.

Ao assumir o negócio, a Unilever está “respondendo à uma tendência crescente entre os consumidores de optar cada vez mais por refeições vegetarianas e veganas”, disse a empresa em um comunicado hoje (quarta-feira dia 12/12/2018). Os termos da transação não foram divulgados.

A The Vegetarian Butcher foi fundada pelo holandês Jaap Korteweg, criador de gado da nona geração. Após ter se tornado vegano, ele criou a empresa em 2007. Seus produtos são vendidos em mais de 4.000 pontos de venda em 17 países. The Vegetarian Butcher emprega cerca de 90 pessoas, que devem permanecer no negócio sob a propriedade da Unilever.

A Unilever já conhece bem a nova aquisição. As duas marcas iniciaram um trabalho juntos há dois anos, vendendo almôndegas vegetarianas comercializados pela marca Unox.

Gigantes como a Unilever e a rival Nestlé estão aumentando seus investimentos em marcas vegetarianas ou veganas, cuja demanda está aumentando em meio a preocupações crescentes sobre o impacto ambiental da produção de carne.

No ano passado, a Nestlé adquiriu a Sweet Earth Foods, que vende sanduíches com ingredientes como ‘Bacon do Bem’, feito totalmente à base de plantas. Ano passado, a Unilever adquiriu a Sir Kensington’s, uma marca de molhos veganos como maionese, ketchup e mostarda.

De acordo com um relatório da Coherent Market Insights, o mercado global de carnes veganas deverá ultrapassar US$ 6,5 bilhões nos próximos sete anos. Já existem várias startups que estão revolucionando a maneira que comemos carne

O mercado de carnes veganas não é apenas para veganos. Uma pesquisa no Reino Unido revelou que 52% dos britânicos estão comendo mais alimentos à base de plantas. A geração Millenium e a Geração parecem ser motivados pela ética animal e preocupações ambientais, enquanto a maioria faz o esforço para a saúde.

Leia também como ser vegano sem dificuldade



por Christian Wolthers