Tatuagem vegana não é só a tatuagem de um porquinho. Uma vez ouvi essa frase e aderi ela para a vida quando se trata do tema de tatuagens. Muita gente é apaixonada por tatuagem e algumas até mesmo pensam em fazer uma mostrando seu amor pelo veganismo. O que algumas pessoas não sabe é que nem toda tatuagem é vegana. Diversos detalhes fazem da tatuagem uma ação cheia de crueldade animal.

O que faz da tatuagem vegana ou não?

Alguns motivos fazem com que as tatuagens que estamos acostumadas e encontramos com maior facilidade não sejam veganas. Dos cuidados pré tatuagem (passando pelo durante) aos cuidados pós tatuagem. Se não prestarmos atenção, vamos contribuir com a crueldade de diversos animais.

Você sabia, por exemplo, que a tinta de cor preta é feita a partir de carvão de ossos? Ou seja, os ossos dos animais são queimados a altas temperaturas para que seja possível produzir uma tinta de cor preta. Sem contar que podemos encontrar o carmim, extraído do inseto chamado cochonilha, nos pigmentos vermelhos.

Outro motivo que faz de boa parte das tintas não veganas é o agente carreador. Nesse caso, as marcas usam gordura animal (glicerina animal). E sabe as lâminas usadas antes da tatuagem? Muitas utilizam também uma camada de glicerina para aumentar a hidratação. Além disso, gelatina e goma laca (besouros) são usados em algumas tintas. E para “fecharmos”, muitas loções usadas no final do processo contém lanolina (lá da ovelha), cera de abelha e óleo de fígado de bacalhau.

Como fazer sua tatuagem então?

O primeiro passo é escolher um tatuador que você goste, afinal a tatuagem ficará para sempre com você. Mas não é apenas isso. Você precisa conversar com o seu tatuador, entender se ele tem a possibilidade de comprar produtos de marcas veganas para você ou se ele já trabalha com produtos veganos.

Pode acontecer do profissional não atender suas necessidades, por isso é mais fácil você começar procurando o trabalho de profissionais que já se especializaram na tatuagem vegana. De qualquer forma, o ideal é você pesquisar bastante e estudar bem as possibilidades dentro desse universo. Um dos primeiros passos é conhecer as marcas de tintas.

Quais tintas usar?

Sendo seu tatuador vegano ou não, você precisa ter certeza se são veganos. Por isso, um dos principais desafios é conhecer as marcas de tintas e conversar com seu tatuador sobre isso.

Nos casos das tintas veganas (sem ingredientes de origem animal e não são testados em animais), você pode conversar primeiro sobre as seguintes marcas:

  • Tatoo Goo
  • Eketric Ink
  • Silverback Inc
  • Intenze Color
  • Stable Color
  • Solid Ink
  • Waverly Color
  • Verde e Flor
  • National
  • Starbright
  • Everlast
  • World Famous Tattoo Ink
  • Kuro Sumi
  • Skin Candy
  • Eternal

Além de ter uma lista de opções na ponta da língua, você pode consultar as marcas através do site PEA. Lá você encontra diversas marcas que fazem testes em animais e marcas cruelty-free. Mas atenção: ainda assim é importante pesquisar os ingredientes de cada produto para garantir que são veganos também.

Papel Hectográfico

Se você pesquisar, vai ver que uma das marcas mais recomendadas para quem quer uma tatuagem vegana é a Spirit. A marca diz que todos os seus produtos são sim veganos, sem ingredientes e sem testes em animais. As marcas Stencil Stuff e Mboah também são boas opções veganas para a hora do decalque.

Tenha sempre atenção

Além disso, você precisa dar atenção para o stencil que seu tatuador usa, ele é vegano? E a lâmina é sem glicerina? Os sabonetes líquido, cicatrizantes, hidratantes e protetores solares, são todos veganos?

Sim, pode parecer que é muita coisa, mas infelizmente sempre nos surpreendemos com a quantidade de coisas que levam crueldade animal. Felizmente, quando nos tornamos veganos, nós nos acostumamos a pesquisar marcas e ingredientes. Por isso não será uma tarefa difícil para você!

O importante é sempre conversar com o seu tatuador para conhecer todas as marcas que ele usa na hora de fazer sua tatuagem. E ter paciência. Ir de tatuaria em tatuaria, conhecer os profissionais, analisar as marcas usadas. Esses cuidados podem parecer longos, mas a tatuagem te acompanhará para sempre. Acho justo, não?

Além disso, quero deixar alguns vídeos que podem te ajudar na hora de estudar mais sobre a tatuagem vegana. O primeiro é do Vegetarirango, você pode conferir aqui. E o segundo do canal Tattoo You, uma tatuaria de São Paulo onde todos os profissionais precisam usar as tintas veganas.

Seja para tatuar um porquinho, #govegan ou para tatuar o que você sempre teve vontade, agora você já tem uma direção de como começar. Converse bastante com os profissionais da área, e depois já pode fazer sua tatuagem vegana sem medo algum.

Leia também Zero Waste: o que é esse movimento e 6 dicas para comprar roupas veganas



por Lari Chinaglia em 20 de fevereiro