Uma preocupação comum sobre dietas vegetarianas e veganas é que elas podem ser insuficientes quanto às quantidades de proteína. Desse modo, conhecer a proteína vegana pode ser um diferencial para quem deseja suplementar esse nutriente.

A maioria das pessoas come proteína suficiente para prevenir a deficiência, mas alguns indivíduos se sairiam melhor com uma maior ingestão de proteína. Neste quesito, estudos sugerem que uma dieta rica em proteínas tem grandes benefícios para perda de peso e saúde metabólica, e dietas com mais proteínas podem promover força muscular, saciedade e perda de peso. 

Especialistas concordam que uma dieta vegetariana ou vegana bem planejada pode fornecer todos os nutrientes necessários. Dito isto, os alimentos vegetais contêm significativas quantidades de proteína, de modo que, uma alimentação bem planejada consegue suprir todas as necessidades, sem desespero. 

Contudo, nem todos conseguem suprir suas necessidades diárias apenas com a alimentação, seja por falta de planejamento ou por ajustes temporários nas necessidades, como no caso de atletas em treinamento ou indivíduos debilitados em processo de recuperação.

Se você é vegano ou vegetariano, ou se apenas evita produtos de origem animal, pode se beneficiar de suplementos proteicos à base de plantas. Você pode escolher entre uma variedade de marcas de proteínas veganas – com ou sem sabor – para misturar com água, leite vegetal, smoothies, aveia ou outros alimentos.

Alimentos vegetais como arroz, ervilhas e sementes de girassol não são repletos de proteínas da mesma forma que carne e peixe, mas a tecnologia de processamento é capaz de remover a maior parte da gordura e dos carboidratos naturalmente presentes nestes alimentos e isolar a proteína para produzir pós ricos em proteínas.

Ainda, é importante destacar que a maioria das proteínas vegetais não está completa, o que significa que elas não contêm níveis ótimos de todos os aminoácidos essenciais para apoiar a síntese de proteínas em seu corpo. No entanto, isso não é um problema se você comer regularmente uma variedade de proteínas vegetais.

Portanto, elencamos as principais marcas de proteínas à base de plantas disponíveis no mercado, vamos lá:

Nutrawell

A marca oferece suplemento proteico de origem vegetal, a base de arroz e ervilha. Produto livre de corantes, açúcar, aromatizantes químicos, adoçantes artificiais, glúten, lactose e soja. Nos sabores cacau e neutro, tem a consistência cremosa e é bem saborosa. Fornece 20g de proteína por dose.

proteina vegana nutrawell

Vegan Way

A Vegan Way é uma das líderes do mercado de suplementos veganos. Com a produção de diversos tipos de proteínas veganas, principalmente de ervilha e arroz, a marca traz ainda um blend de fontes vegetais com o Fusion Protein, um mix de proteínas de ervilha e arroz com amaranto e quinoa.

A proteína feita a partir de um mix dessas 4 fontes vegetais, combina o valor nutricional para um perfil de aminoácidos ainda mais rico e low carb. Apresentada em três sabores: chocolate, baunilha e neutro, possui 18g de proteína em cada porção.

Essential Nutrition

A combinação de proteína isolada da batata e da ervilha amarela da marca é livres de glúten, soja e lácteos é oferecida em dois sabores: baunilha e cacau, em embalagens grandes ou em práticos sachês individuais para levar por aí. O sabor não deixa nada a desejar para a versão láctea e cada porção fornece 22g de proteína.

proteina vegana essential

Mother Nutrientes

A Mother é uma marca nacional lançada em 2018 e que apresenta suplementos vegetais de altíssima qualidade. Os produtos são feitos à base de proteína de ervilha, sem açúcar e sem glúten. São adoçados com stevia e contém óleo de chia que é rico em ômega 3 e 6.

Oferece pequenos sachês e potes, nos sabores chocolate, morango, doce de leite, baunilha, banana, superberry e neutro. Cada dose contém 22g de proteína.

mother proteina vegana

Chocolife

Para quem não curte muito o sabor característico da proteína vegana, a Chocolife oferece o Protein Chocolate, que é tido como uma excelente alternativa. Combina proteína de arroz integral germinado (orgânico) com a proteína concentrada da ervilha amarela, e o delicioso sabor de chocolate. Possui ainda opção nos sabores baunilha, café com chocolate e natural, não possui adoçante, portanto, é muito versátil. Conta com 24g de proteínas vegetais por porção.

Rakkau

A Rakkau possui diversos tipos de suplemento proteico vegano. Entre as opções, os destaques ficam para o Pea Protein (proteína da ervilha integral) e o Rice Protein (proteína do arroz integral). Tem também a Soy Protein (proteína de soja não modificada geneticamente) e a Harmony Protein (mix de proteínas da ervilha e do arroz).

Fornece aproximadamente 21g de proteína por porção, em sabores variados, como baunilha, cacau, coco e morango.

Vitafor

A proteína vegana de destaque da marca é a Life Vegan. A fórmula conta com proteína isolada de ervilha, proteína isolada de arroz, leucina e vitamina B12, portanto, é um suplemento completo em proteínas e aminoácidos. A quantidade de proteína por dose é de 24g.

Como visto, muitos suplementos de proteína vegana contêm misturas de proteínas vegetais diferentes e normalmente complementares para garantir que você obtenha quantidades adequadas de todos os aminoácidos essenciais. Processos de germinação ou fermentação também podem melhorar a composição nutricional.

Lembre-se sempre de que as informações nutricionais podem variar de acordo com a marca e a apresentação do produto, portanto, verifique o rótulo.



por Nadia Ferreira Gonçalvez em 11 de outubro