Na nossa cultura, crescemos com a ideia de que precisamos de produtos de origem animal, como carnes e leites, para sobreviver. Porém uma dieta vegana é rica em todos os nutrientes que nosso corpo precisa. De acordo com a Associação Dietética Britânica e Academia Americana de Nutrição e Dietética, é reconhecido que uma alimentação a base de plantas é adequada para todas as idades e fases da vida.

Os benefícios comprovados cientificamente são inúmeros. Separei seis para você conhecer, e repensar a sua dieta.

Dieta rica em nutriente

Como comentado anteriormente, a dieta vegana possui todos os nutrientes que nosso corpo precisa. Para que você entenda que pode viver a base de plantas é fundamental que você entenda que uma alimentação vegana não é apenas salada.

Ao deixar as carnes, leites e ovos de lado no seu cardápio, você se obriga a consumir mais alimentos integrais e suas substituições nutritivas ganham a forma de grãos integrais, frutas, legumes, feijões, ervilhas, nozes e sementes.

Assim, vários estudos relataram que as dietas veganas tendem a fornecer mais fibras, antioxidantes e compostos vegetais benéficos. Eles também parecem ser mais ricos em potássio, magnésio, folato e vitaminas A, C e E.

Quer conhecer um pouco mais sobre esses estudos? Nos links a seguir você pode entender melhor sobre cada pesquisa: 1, 2, 3 e 4

Eficaz contra doenças cardíacas

A dieta vegana possui níveis baixos de colesterol e gorduras saturadas, e como resultado, os riscos de entupimentos de veias e  artérias, que podem causar infarto, são diminuídos. Além disso, ao adotar a alimentação vegetariana, você tende a diminuir o consumo de sódio, que contribui para doenças cardíacas.

Caso você queria entender um pouco mais sobre as doenças cardíacas e como o veganismo é um aliado nessa história, temos um artigo sobre o tema aqui no Vegan Business, você pode conferir aqui: Dieta vegana é a mais eficaz na prevenção de doenças cardíacas.

Diminui os níveis de açúcar do sangue e melhora a função renal

Os veganos possuem maior sensibilidade à insulina e até 50-78% menor risco de desenvolver diabetes tipo 2. Estudos relatam que dietas veganas reduzem os níveis de açúcar no sangue em diabéticos mais do que as dietas da Associação Americana de Diabetes (ADA), American Heart Association (AHA) e National Cholesterol Education Program (NCEP).

Além disso, outros estudos relatam que os diabéticos que substituem a proteína vegetal por carne podem reduzir o risco de insuficiência renal. Mais estudos relatam que uma dieta vegana pode ser capaz de fornecer alívio completo dos sintomas de polineuropatia distal sistêmica – uma condição em diabéticos que causa dor aguda e ardente. Para conhecer mais, veja os links 1 e 2.

Ajuda a diminuir a chance de alguns cânceres

Isso mesmo, embora ainda não seja possível curar um câncer, a dieta vegana é capaz de reduzir os riscos de alguns casos da doença.

Estudos mostram que comer legumes regularmente pode reduzir o risco de câncer em cerca de 9 a 18%. E ao comer pelo menos sete porções de frutas e vegetais frescos por dia, você pode reduzir o risco de morrer de câncer em até 15%.

A partir desses dados, e sabendo que veganos tendem a se alimentar mais de frutas, legumes e verduras, podemos explicar por que uma recente revisão de 96 estudos descobriu que os veganos podem se beneficiar de um risco 15% menor de desenvolver ou morrer de câncer.

Dentre os cânceres que podemos diminuir as chances de risco, temos o câncer de próstata, o câncer de colo e o câncer de mama.

Pode diminuir as dores da artrite

Alguns estudos mostram benefícios de uma dieta vegana para pessoas com diferentes tipos de artrite. Um dos estudos mostrou que ao seguir uma dieta vegana por seis semanas, os pacientes níveis mais altos de energia e melhor funcionamento geral do que aqueles que não mudaram sua dieta.

Os pacientes também relataram uma melhora maior nos sintomas como dor, inchaço nas articulações e rigidez matinal do que aqueles que continuaram com a dieta onívora.

E mais segundo estudo, a eliminação do consumo de produtos lácteos em combinação de dieta sem glúten e vegana é ainda mais promissora para melhorar a saúde das pessoas que sofrem de artrite reumatóide.

Cuidar do físico

Uma dieta vegana pode ser aliada para manter seu corpo mais forte e energético. Se seu objetivo é emagrecer, pode usar do veganismo como aliado. A alimentação a base de plantas elimina a maioria dos alimentos não saudáveis ​​que tendem a causar problemas de peso.

Além da perda de peso, você vai sentir que tem mais energia para atividades físicas. Um artigo do blog em Happy Healthy Long Life descreve como Tony Gonzalez, da NFL, começou a seguir uma alimentação vegana e ganhou mais energia para jogar futebol.

Seguir uma dieta vegana pode trazer inúmeros benefícios para a sua saúde, mas você sabia que os benefícios vão muito além da nossa saúde? Aqui no Vegan Business nós temos um artigo com 10 motivos para se tornar vegano hoje, onde mostramos que além da saúde, você pode beneficiar muita coisa!

Leia também Como ser vegano sem dificuldade? e Go Vegan: o que você conhece sobre esse movimento



por Lari Chinaglia